Jô Soares tomou atitude na Globo que nunca foi esquecida após morte de seu filho: “A vida é”


Jô Soares tomou atitude na Globo após morte de seu filho (Foto: Reprodução, Globo)
Jô Soares tomou atitude na Globo após morte de seu filho (Foto: Reprodução, Globo)

Antes de sua morte, Jô Soares já tinha feito o Brasil chorar com uma ação inesperada sobre o seu querido filho

No dia 5 de agosto de 2022, o Brasil parou com a triste notícia da morte de Jô Soares. Um dos comunicadores mais amados de todos os tempo deixou uma legião de fãs desolados com sua partida. Anteriormente a isso, o apresentador tinha levado todos as lagrimas ao fazer programa em homenagem ao seu falecido filho.

Rafael Soares morreu em 2014, aos 50 anos, vítima de um câncer no cérebro. Autista, o filho de recebia 100% da sua atenção e, na semana da sua morte, o apresentador fez uma breve homenagem em seu programa, na Globo.

Jô Soares. (Foto: Reprodução)
Jô Soares na Globo (Foto: Divulgação)

“A nossa abertura hoje vai ser um pouco diferente, porque na última sexta-feira (31), eu sofri o pesadelo de todo pai, a inversão da ordem natural das coisas, a perda de um filho. Meu filho Rafael esteve no mundo durante 50 anos e foi uma criança especial. Como era autista, permaneceu menino até o fim”, começou Jô Soares.

Contudo, o ator comentou que seu filho era apaixonado por rádio e que até seu amigo, Derico, que fazia parte do grupo Sexteto, fez as vinhetas para Rafael.

Orgulho do filho

“Passou a vida inteira na realidade do próprio mundo. Corpo de adulto, coração e alma de criança. Adorava música, tocava piano, mas sua grande paixão era o rádio. O Derico, em uma prova singela de amizade, até chegou a gravar as vinhetas. E ele não tirava a rádio do ar nunca, até mesmo no seu aniversário, nem na hora de apagar a velinha. Vivia com entusiasmo e até com paixão”, completou.

Filho único de Jô Soares era autista e morreu em 2014 aos 50 anos (Foto: Reprodução, Globo)
Filho único de Jô Soares era autista e morreu em 2014 aos 50 anos (Foto: Reprodução, Globo)

Logo em seguida, Jô afirmou que tinha orgulho do ‘pequeno’ Rafael e que iria sentir falta do companheirismo do filho. “Tenho muito orgulho do meu filho. Gostaria de dedicar essa abertura a ele e a Theresa, sua mãe, que foi minha grande companheira durante 20 anos. Também quero aproveitar para agradecer o carinho de pessoas queridas, amigos e desconhecidos”. Disse Jô Soares  por fim.