Primeiro jornalista gay assumido teve sua vida exposta para o Brasil e se demitiu do canal


Primeiro âncora assumido teve sua vida exposta e pediu demissão (Foto Reprodução/Montagem/Fatos da Tv)
Primeiro âncora assumido teve sua vida exposta e pediu demissão (Foto Reprodução/Montagem/Fatos da Tv)

Demissão de uma promessa do jornalismo deu o que falar na emissora

Ao longo dos anos, a Globo acabou se tornando uma das maiores referências na televisão brasileira, seja na dramaturgia como no jornalismo. Eles emplacaram o melhor meio de notícias do país com o clássico o “Jornal Nacional”. No entanto, o que poucos sabem é que um dos âncoras desse importante jornalístico teve uma certa exposição da sua vida pessoal.

Isso porque, em 2019, um jornalista viu sua sexualidade ser exposta para o Brasil após assumir o rodízio do telejornal. Trata-se de Matheus Ribeiro. Durante sua passagem pela Globo, ele ganhou destaque devido ao comando do JA 2ª Edição, equivalente ao SP2 em Goiás.

Matheus Ribeiro na bancada do "Jornal Nacional" (Foto Reprodução/Internet)
Matheus Ribeiro na bancada do “Jornal Nacional” (Foto Reprodução/Internet)

O comunicador acabou se tornando um dos assuntos mais comentados na web após o seu ex namorado, Yuri Piazarollo, capitão do BOPE (Batalhão de Operações Especiais, de Rondônia), postar uma foto com ele nos estúdios da atração:

“Eu não queria minha vida exposta, mas um site sensacionalista usou uma imagem nossa, com os rostos borrados, e publicou a seguinte manchete: ‘Âncora do JN vive romance gay com policial do BOPE’. Achei aquilo um absurdo. Não faz a menor diferença eu ser gay ou ser hétero. Só espero sinceramente o dia que isso não seja mais uma notícia“-  Desabafou ele na época, durante entrevista ao colunista Leo Dias.

Matheus Ribeiro na parada LGBTQIA+ em Goiania (Foto Reprodução/Instagram)
Matheus Ribeiro na parada LGBTQIA+ em Goiania (Foto Reprodução/Instagram)

O apresentador, após um tempo passou a comandar o “Jornal Nacional” em suas escaladas, fato que deixou os outros funcionários da Globo com um certo ciúmes. No ano de 2020, Matheus Ribeiro decidiu abandonar a emissora carioca devido ao baixo salário e aos problemas com os demais colegas.

Segunda demissão

Em abril do mesmo ano, o antigo âncora do “Jornal Nacional” assinou seu contrato com a Record. Porém, Matheus Ribeiro foi novamente desligado em 2021. Isso porque, o jornalista pretendia se candidatar nas eleições deste ano.

Matheus Ribeiro saiu da Record para se candidatar a deputado federal (Foto Reprodução/Instagram)
Matheus Ribeiro saiu da Record para se candidatar a deputado federal (Foto Reprodução/Instagram)

De acordo com Erlan Bastos, o ex-âncora do “Jornal Nacional” estava negociando com o movimento democrático brasileiro para concorrer a vaga na política.

Nas redes sociais, Matheus Ribeiro chegou a confirmar a sua demissão da Record e agradeceu sua trajetória.

“Estou de saída da Record. Nesse um ano e meio de casa, tive experiências que me enriqueceram muito profissional e pessoalmente. Como tudo na vida, ciclos se renovam, novos projetos surgem e mudanças são necessárias”, Disse ele na época.

Matheus Ribeiro se despediu publicamente da Record por meio de suas redes sociais (Foto Reprodução/Instagram)
Matheus Ribeiro se despediu publicamente da Record por meio de suas redes sociais (Foto Reprodução/Instagram)

Além disso, durante uma entrevista para Léo Dias, do “Metrópoles”, Matheus Ribeiro falou sobre sua vontade de ajudar o país:

“Construir o país que queremos é um dever coletivo. Após 10 anos de jornalismo, vi que não basta criticar a política, é preciso transformar por dentro, ocupando espaço”– Disse ele

“Com a experiência de noticiar e criticar os problemas que pioram a vida das pessoas, agora, vou usar a minha voz para buscar soluções e gerar transformação social”, Finalizou Matheus.

Quanto a sua vida amorosa, o jornalista que até então estava com Yuri Piazzarollo, após dois anos e com planos de se casar eles optaram pelo fim. Atualmente, por ser discreto nas redes sociais quanto a vida pessoal, não se sabe seu atual estado civil.

 

Lennita Lee

Autor(a):

Lennita Lee

Meu nome é Lennita Lee, tenho 32 anos, nasci e cresci em São Paulo. Viajei Brasil afora, e voltei para essa cidade, afim de recomeçar a minha vida. Sou formada em moda pela instituição "Anhembi Morumbi" e sempre gostei de escrever. Minha maior paixão sempre foi a dramaturgia Também sou viciada em grandes produções latino americanas e mundiais. A arte é o que me move ....