Jornalista que se demitiu ao vivo na Globo processou ex-chefe por assédio: “Perseguição”


Jornalista se demitiu ao vivo na Globo (Foto: Reprodução)
Jornalista se demitiu ao vivo na Globo (Foto: Reprodução)

Apresentador de programa esportivo local da Globo alegou ter sido ofendido e explorado

O jornalista Kaio Cézar trabalhava na TV Verdes Mares, afiliada da Globo, onde apresentava o Globo Esporte do Ceará. Em 2019, Cézar pediu demissão ao vivo e o motivo seria que ele sofreu assédio moral do ex-chefe Paulo César Norões.

+ Ana Maria Braga foi detonada por apresentadora após chamá-la de mentirosa: “Hipocrisia”

O profissional declarou que não se arrepende, apesar de ter que sustentar sua família. Ele alegou que, obviamente, não queria ficar desempregado, entretanto não teve outra saída, visto que ele pensou até em suicídio, como relatou ao site Notícias da TV.

Apesar de dizer que estava em seu auge no Estado, Cézar reforçou não ter se arrependimento de sua escolha. Também confessou ter se decepcionado com a realidade de onde chegou. Além disso, informou que era perseguido e tinha a família e ele próprio ofendidos por Paulo César Norões.

Kaio Cézar disse, em seu Facebook, que seu ex-chefe se revoltava com ele por terem posições políticas e esportivas opostas. Disse ainda que, em meio à reunião, Paulo o ofendeu gravemente somente por Cézar ter demonstrado posicionamento oposto.

Paulo César teria também envolvido a jornalista Mirela Forte – com quem Kaio Cézar era casado – em uma de suas ofensas ao rapaz. A profissional trabalhava na mesma emissora e foi demitida ao retornar de sua licença-maternidade.

“Um diretor expôs a minha família desse jeito, além de diversas situações de perseguição. Perdi emprego na rádio, minha mulher perdeu o emprego dela, saí dos jogos do Premiere e, por último, a gota d’água, foi eu perder espaço como narrador na TV Verdes Mares, que era o que me restava”, pontuou o ex-apresentador.

Kaio Cézar se demitiu ao vivo na Globo (Foto: Reprodução)
Kaio Cézar se demitiu ao vivo na Globo (Foto: Reprodução)

Resultado da situação

O jornalista estava na emissora há mais de 11 anos e, além de entrar na justiça contra Paulo César Norões, ele também decidiu processar a afiliada da Rede Globo inclusive por acúmulo de funções. Assim sendo, Kaio conseguiu provar todas as suas acusações e a Rede Globo e as afiliadas TV Verdes Mares, TV Diário e Rádio Verdes Mares tiveram que remunerar o jornalista com R$2 milhões.

Hudson William

Escrevo sobre notícias da TV e das celebridades há muitos anos com passagens, inclusive, por outros portais como TV Foco. Meu objetivo é informar com precisão e clareza.