Júlio revela descoberta sobre a morte de Lucília para Orlando: “Mais um crime da Gilda”


Júlio, Gilda e Orlando em Amor Perfeito. (Foto: reprodução)
Júlio, Gilda e Orlando em Amor Perfeito. (Foto: reprodução)

Júlio descobre que morte de Lucília não foi um acidente em Amor Perfeito

Em Amor Perfeito, Júlio (interpretado por Daniel Rangel) traz uma surpreendente reviravolta ao revelar a Orlando (interpretado por Diogo Almeida) informações sobre a investigação da morte de Lucília (interpretada por Kênia Bárbara). Ele compartilha que outro advogado descobriu algo fundamental: o suposto engenheiro Felipe Neves (interpretado por Pierre Baitelli), que estava envolvido na morte de Lucília, está vivo.

Essa revelação indica claramente que a morte de Lucília não foi um acidente, como o delegado Albuquerque (interpretado por Beto Militani) havia sugerido inicialmente. Em vez disso, tudo aponta para Gilda (interpretada por Mariana Ximenes) como a responsável por esse crime.

“Sabe o que ele me disse? Que o tal Felipe Neves, o falso engenheiro, foi localizado: o homem tá vivo!”, revelará o advogado. “A morte da Lucília não foi mesmo um acidente”, destacará o rapaz.

Gilda em Amor Perfeito. (Foto: reprodução)
Gilda em Amor Perfeito. (Foto: reprodução)

Orlando se revolta após descoberta

Orlando, indignado e determinado a fazer justiça, está pronto para perseguir o suposto criminoso e provar que ele é o responsável pela morte de sua prima Lucília. “É mais um crime da Gilda (Mariana Ximenes). Nós temos que que ir atrás desse bandido, Júlio! Ele não pode ficar impune”, cravará o mocinho.

Vale lembrar que Felipe enganou Lucília, a levou para um passeio de barco e, mesmo sabendo que ela não sabia nadar, deixou-a à deriva, resultando em sua morte posteriormente. “Resta botar as mãos nesse bandido e provar que ele matou a sua prima”, vai concluir Júlio.

Vale ressaltar que Amor Perfeito é escrita por Duca Rachid e Júlio Fischer e com direção artística de André Câmara. O elenco conta com nomes como os de Camila Queiroz, Diogo Almeida, Mariana Ximenes, Thiago Lacerda, Daniel Rangel, Carmo Dalla Vecchia, Paulo Betti e Levi Asaf.