Após recuperar a memória, Leonel humilha Orlando em Amor Perfeito


Leonel e Orlando e Amor Perfeito. (Foto: reprodução)
Leonel e Orlando e Amor Perfeito. (Foto: reprodução)

Leonel implica com Orlando após recuperar a memória em Amor Perfeito

Nos próximos capítulos de Amor Perfeito, uma clara dinâmica entre Leonel (interpretado por Paulo Gorgulho) e Hermínia (interpretada por Adriana de Broux) é explorada, revelando como a obsessão inexplicável dela em manter Leonel sob seus cuidados está prejudicando o progresso dele.

Após um reencontro com Marê (interpretada por Camila Queiroz), e ao ouvir relatos sobre o passado, Leonel recupera parte de sua memória e até reacende alguns de seus hábitos prejudiciais, incluindo conflitos com Orlando (interpretado por Diogo Almeida).

Orlando, que está se esforçando ao máximo para cuidar de Leonel, fica perturbado durante um exame médico para avaliar o estado de saúde dele, enfrentando críticas ásperas do pai de Marê. Este último, em uma tentativa de inserir racionalidade na mente de Leonel, busca acalmar a situação e trazer algum senso para o protagonista, o qual poderá desempenhar um papel crucial no confronto contra Gilda (interpretada por Mariana Ximenes).

Leonel em Amor Perfeito. (Foto: reprodução)
Leonel em Amor Perfeito. (Foto: reprodução)

Veterano vai evoluir

De forma intrigante, Leonel começa a recuperar sua memória após ouvir a voz de Gilda, sofrendo uma reação traumática evidente a qualquer interação com essa figura. Enquanto isso, Marê tenta pacificamente transformar a mentalidade ultrapassada de seu pai, especialmente em relação a Orlando, conversando com ele constantemente e visando romper com preconceitos enraizados.

O conflito persistente entre Orlando e Leonel é um elemento-chave no enredo e permanecerá presente ao longo de vários capítulos. Contudo, a trama da novela se destaca ao abordar a reconciliação entre esses personagens durante a reta final.

Após diversas conversas e debates, Leonel é gradualmente convencido de sua própria intolerância infundada, percebendo que não tinha justificativas plausíveis para seu ódio em relação a Orlando, um homem com um coração generoso que sempre buscou o melhor para Marê.