Longe dos holofotes, mudança radical revirou a vida de estrela de “Mulheres de Areia”: “Precisava”

20/06/2024 às 13h31

Por: Wellington Silva
Imagem PreCarregada
Elenco da novela da Globo Mulheres de Areia (Foto: Reprodução - Globo)

Após se afastar da televisão, artista de “Mulheres de Areia” optou por uma mudança radical em sua vida longe dos holofotes da fama

Tânia Alves, cantora e atriz de grande sucesso, é mãe de uma garota que foi considerada uma das promessas da televisão nos anos 1990. Essa atriz pode ser vista novamente na tela da Globo, na edição especial de “Mulheres de Areia”.

Gabriela Alves, esteve presente em produções da Globo, Manchete, SBT e Record.

Seguindo os passos da mãe, também começou cedo na carreira, com participações no “Sítio do Picapau Amarelo” e na minissérie “Tenda dos Milagres” (1985).

Depois, atuou na minissérie “O Pagador de Promessas” (1988), Gabriela decidiu viajar para os Estados Unidos e concluir seus estudos longe dos holofotes, enquanto trabalhava como vendedora de sorvete.

Ao retornar para o Brasil, começou a trabalhar como organizadora de eventos e se tornou uma das primeiras hostesses do país.

Veja também

Marcos Frota e Gabriela Alves
Marcos Frota e Gabriela Alves (Foto: Reprodução/ Instagram)

O talento da mãe esta no sangue

Em suma, destaque em novelas sua reestreia em novelas começou com uma pequena participação em “Despedida de Solteiro”, interpretando Salete, garota que é assassinada logo no primeiro capítulo da trama.

Depois disso, ela acabou escalada para interpretar Glorinha em “Mulheres de Areia” (1993), um dos grandes sucessos do horário das seis e o grande destaque da carreira da atriz.

“Mulheres de Areia foi a novela que mais tocou meu coração. Fui irmã do Tonho da Lua. Aquela relação de irmãos e também poder atuar com Marcos Frota, Gloria Pires, Dona Laura Cardoso foi demais”, contou.

“Assim, a trama era ótima, a direção, o elenco, tudo foi incrível! E eu sinto que foi uma personagem que despertou muito carinho no público. Até hoje as pessoas falam comigo com muito amor sobre a novela”, declarou a atriz em 2021, ao site Gshow.

Em 1994, Gabriela esteve no elenco de “Tropicaliente”, dando vida à personagem Pitanga. No ano seguinte, aceitou convite da Manchete para atuar em “Tocaia Grande”, interpretando Sacramento, filha de Júlia Saurê, interpretada por Tânia.

“Como a nossa vida é muito cigana, agora, com a necessidade de bater o texto, a gente vai ter oportunidade de passar mais tempo juntas”, disse Gabriela, na época, ao Jornal do Brasil.

Gabriela Alves em Mulheres de Areia
Gabriela Alves em Mulheres de Areia (Foto: Reprodução/ Globo)

A famosa possui uma carreira de sucesso

Contudo, ainda esteve presente em “Salsa e Merengue” (1996), “Estrela de Fogo” (1998), “Vidas Cruzadas” (2000), “Marisol” (2002) e “Amor e Revolução” (2011), sendo esta trama, até o momento, seu último trabalho na televisão.

Assim, o fastamento da televisão Gabriela Alves e Tânia Alves, que atualmente tem 51 anos, deixou de lado a vida artística e passou a cuidar, ao lado da mãe, de um spa em Nova Friburgo (RJ), também se dedicando à profissão de terapeuta.

“Desde muito jovem eu tenho essa busca. É o mapa dos nossos tesouros interiores. Morava em São Paulo e há anos decidi morar no Spa. Senti que precisava olhar para dentro e parar um pouco. Estava precisando me recolher, dar um tempo para mim. E a arte da cura me pegou de jeito”, explicou ao Gshow.

Contudo, o que aconteceu com Gabriela Alves, a Glorinha de “Mulheres de Areia” Gabriela Alves, revelou motivo de largar a TV. Ela explicou à colunista Patricia Kogut, do jornal O Globo, porque resolveu deixar de lado a atuação.

“Chegou um momento em que passei a questionar a minha arte e se ela estava contribuindo para um mundo melhor. Aí que passei por um processo de autoconhecimento, que me fez ver que as minhas dores acabaram relacionadas ao meu feminino ferido. Então, resolvi estudar a questão a fundo”, disse.

Ao Gshow, no entanto, ela não descarta que um dia possa voltar à dramaturgia: “Eu adoro atuar. Quem nasce artista não consegue deixar de ser artista nunca. Então as artes continuam muito presentes na minha vida”.

“Eu sinto que ainda vou voltar a atuar, mas sinto que estou em um chamado na minha alma. Quero fazer coisas que tenham sentido para mim. Quero inspirar as pessoas”, concluiu.

Gabriela Alves e Tania Alves
Gabriela Alves e Tania Alves (Foto: Reprodução/ Instagram)

Utilizamos cookies como explicado em nossa Política de Privacidade, ao continuar em nosso site você aceita tais condições.