Lucinda toma coragem e confronta Marino sobre o filho de Graça: “Você é o pai?”


Lucinda, Marino e Graça em Terra e Paixão. (Foto: reprodução)
Lucinda, Marino e Graça em Terra e Paixão. (Foto: reprodução)

Lucinda desconfia da relação de Marino e Graça em Terra e Paixão

Nos próximos capítulos de Terra e Paixão, Lucinda, interpretada por Débora Falabella, começa a ter suspeitas cada vez maiores em relação a Marino, vivido por Leandro Lima, e Graça, representada por Agatha Moreira.

A história se complica quando Lucinda, que é gerente da cooperativa, fica surpresa ao descobrir que Marino levou Graça ao hospital e já conhece o bebê dela. Essa situação deixa Lucinda com uma pulga atrás da orelha, questionando o envolvimento de Marino com Graça e o bebê em questão.

O mistério se aprofunda quando Angelina, interpretada por Inez Viana, menciona que a criança tem uma mancha de nascença idêntica à de Marino. Esse detalhe chama a atenção de Lucinda, que decide confrontar Marino de forma direta.

Ela o pressiona, afirmando que Angelina disse que ele e o bebê têm a mesma marca de nascença e que ele evitou olhar para a criança no momento da revelação. Lucinda, sem rodeios, pergunta a Marino se ele é o pai do filho de Graça.

Graça e Marino. (Foto: reprodução)
Graça e Marino. (Foto: reprodução)

Delegado fica encurralado

Marino, sentindo-se acuado e incapaz de revelar seu segredo, nega categoricamente que a criança seja dele, alegando que isso seria uma ideia absurda. Essa resposta de Marino alivia Lucinda, que carregava o peso da suspeita de que seu amado estivesse envolvido com Graça de maneira mais profunda.

Ao ouvir a negação de Marino, Lucinda finalmente solta um suspiro de alívio e se joga nos braços da autoridade. Ela confessa sua felicidade e alívio por descobrir que ele não tem relação com a paternidade do filho de Graça, dona da boutique. Lucinda compartilha com Marino que, por um momento, pensou que ele pudesse estar envolvido com Graça de maneira íntima, o que a preocupava profundamente.

Marino, habilidoso em sua capacidade de mentir, reforça sua inocência e deixa claro para Lucinda que jamais teria coragem de se envolver em algo assim. No final desse tenso confronto, Lucinda pede desculpas por suas desconfianças e beija calorosamente o delegado.