Com ameaça brutal de Antônio, Lucinda corre para salvar a vida de Marino em Terra e Paixão


Lucinda e Marino em Terra e Paixão. (Foto: reprodução)
Lucinda e Marino em Terra e Paixão. (Foto: reprodução)

Marino recebe ameaça de Antônio e deixa Lucinda preocupada em Terra e Paixão

Em Terra e Paixão, Marino, interpretado por Leandro Lima, enfrenta uma crescente ameaça após tomar a decisão de se alinhar com a lei e cumprir seu dever como autoridade em Nova Primavera. Sua escolha de agir em prol da justiça o coloca em uma posição de confronto com o poderoso fazendeiro Antônio, interpretado por Tony Ramos.

Antônio sempre acreditou que estava acima da lei, utilizando seu poder para encobrir os crimes que comete e subornando as autoridades locais. No entanto, sua impunidade é desafiada quando Marino decide agir de acordo com os princípios legais e prender Antônio por desobedecer uma ordem judicial e continuar explorando as terras de Aline, interpretada por Barbara Reis.

Essa atitude de Marino enfurece Antônio, que ameaça o delegado e promete arruinar sua carreira. Marino, naturalmente, fica apreensivo com as ameaças do fazendeiro, mas é Lucinda, interpretada por Débora Falabella, que fica aterrorizada com a possibilidade de perder o homem que ama em decorrência de uma conspiração liderada pela pessoa mais poderosa da região.

Antônio ( Tony Ramos) (Foto: reprodução/ Globo)
Antônio ( Tony Ramos) (Foto: reprodução/ Globo)

Vilão tem plano cruel

O temor de Lucinda é justificável, já que Antônio, interpretado por Tony Ramos, planeja vingar-se de Marino. Ele recorre a Silvério, interpretado por Samir Murad, e pede que ele elabore uma conspiração para destruir a carreira de Marino de forma sólida e inescapável, deixando o delegado atrás das grades por um período significativo.

Vale ressaltar que a novela Terra e Paixão é escrita por Walcyr Carrasco e tem direção artística de Luiz Henrique Rios. O elenco conta com nomes como os de Barbara Reis, Cauã Reymond, Glória Pires, Tony Ramos, Agatha Moreira, Paulo Lessa, Débora Ozório e Rainer Cadete.