Terra e Paixão: Luigi larga Petra em manicômio e tem ajuda para aplicar golpe nos La Selva


Luigi e Petra em Terra e Paixão. (Foto: reprodução)
Luigi e Petra em Terra e Paixão. (Foto: reprodução)

Luigi largará Petra em manicômio em Terra e Paixão

Em Terra e Paixão, Luigi (Rainer Cadete) e Anely (Tatá Werneck) se unem para aplicar um plano para colocar as mãos na fortuna de Antônio La Selva (Tony Ramos) e sua família. Essa estratégia surge aproveitando o fato de Petra (Debora Ozório) estar internada em um manicômio devido ao seu vício em remédios.

Luigi e Anely desenvolvem um romance que lembra o famoso casal de criminosos Bonnie e Clyde. O falso italiano contratou Anely, a famosa “rainha do PIX”, como sua secretária, e os dois começam a aplicar golpes juntos, envolvendo-se cada vez mais no plano contra Antônio.

A situação de Petra piorou significativamente após a morte de Daniel, e sua mãe, Irene (Glória Pires), decidiu interná-la para evitar que ela também fique longe da sucessão de Antônio. Durante uma conversa, Luigi revela a Anely que acredita que a condição de Petra é o motivo pelo qual Antônio não a considera como herdeira.

(Foto: reprodução)
(Foto: reprodução)

Italiano se une a Anely em golpe

Com base nisso, Anely sugere um plano no qual Luigi poderia tornar-se o sucessor de Antônio, ao lado de Petra, e assim, tomar posse de toda a fortuna do produtor rural. Enquanto o plano se desenrola, o clima entre Luigi e Anely se torna romântico, culminando em um beijo apaixonado entre os dois.

No entanto, fica claro que Anely tem seus próprios interesses em ajudar Luigi, explicitamente declarando que deseja vantagens em troca de sua ajuda. Apesar do romance, ela está focada em explorar o novo relacionamento e, ao mesmo tempo, planeja o golpe que pretendem aplicar.

Vale ressaltar que a novela Terra e Paixão é escrita por Walcyr Carrasco e tem direção artística de Luiz Henrique Rios. O elenco conta com nomes como os de Barbara Reis, Cauã Reymond, Glória Pires, Tony Ramos, Agatha Moreira, Paulo Lessa, Débora Ozório e Rainer Cadete.