Marcelino visita túmulo de Gilda e tem atitude comovente no fim de Amor Perfeito


Gilda e Marcelino em Amor Perfeito. (Foto: reprodução)
Gilda e Marcelino em Amor Perfeito. (Foto: reprodução)

Gilda tem desfecho trágico em Amor Perfeito

No desfecho emocionante de Amor Perfeito, Marcelino, interpretado por Levi Asaf, mais uma vez demonstra sua bondade inata e seu coração puro. O doce filho de Marê, vivida por Camila Queiroz, nunca perdeu sua essência, mesmo quando desobedecia os religiosos da Irmandade para viver suas próprias aventuras. No final da novela das seis, uma cena tocante promete emocionar profundamente os espectadores, envolvendo a morte de Gilda, interpretada por Mariana Ximenes, que receberá uma flor de Marcelino em seu túmulo.

O desfecho de Gilda e Gaspar se assemelha ao clássico filme “Thelma e Louise” (1991), quando a dupla se encontra em uma situação de fuga desesperada, tentando escapar da perseguição policial. No entanto, a trama toma um rumo trágico quando Gilda decide se despedir de Marcelino antes de embarcar em sua última corrida. Essa ação tem consequências devastadoras, já que eles perdem a vantagem e se tornam visíveis para a polícia.

A dupla se vê em uma via sem saída, e um olhar compartilhado entre eles define o destino final. Em um gesto romântico e trágico, eles aceleram em direção a um precipício, encerrando suas vidas de forma dramática e, ao mesmo tempo, apaixonada.

Gilda em Amor Perfeito. (Foto: reprodução/ Globo)
Gilda em Amor Perfeito. (Foto: reprodução/ Globo)

Garoto tem gesto comovente

No velório de Gilda, poucas pessoas se reúnem para prestar homenagens à vilã, mas o túmulo dela recebe um toque de carinho de Marcelino. Esse gesto representa uma espécie de benção para o espírito atormentado de Gilda, simbolizando o perdão e a paz em sua partida.

É um momento que ressalta a capacidade de Marcelino de encontrar a bondade mesmo nas situações mais sombrias, e como o amor e a compaixão podem transformar mesmo os corações mais perturbados.