Maria Clara Gueiros largou carreira pelo que ouviu de colega famoso: “A verdade é essa”


Atriz Maria Clara Gueiros. (Foto: reprodução)
Atriz Maria Clara Gueiros. (Foto: reprodução)

Existem diversas histórias de artistas que acabaram brilhando na carreira depois de terem insistido inicialmente em outra profissão, mas precisaram de um conselho sincero de outra pessoa para que percebessem que era hora de mudar. Foi o que aconteceu com Maria Clara Gueiros.

A atriz de 57 anos estreou na TV em 1995, no programa Não Fuja da Raia, mas seu debute nas novelas ocorreu apenas seis anos depois, em O Clone. Depois disso, a atriz emplacou uma série de trabalhos na Globo, mas descobriu uma forte veia cômica e acabou ficando marcada na emissora pelos seus trabalhos em séries e programas humorísticos, como A Diarista, Zorra Total e Minha Nada Mole Vida. Ela está afastada dos folhetins desde 2021, quando integrou o elenco de Nos Tempos do Imperador.

Mas quem vê a atriz brilhando atualmente nessa profissão, mal pode imaginar que ela ingressou no meio artístico de uma forma bem diferente: como bailarina. A sua estreia na TV, em Não Fuja da Raia, aliás, foi justamente nessa função.

Porém, Maria Clara Gueiros decidiu mudar de vez os rumos da sua carreira depois de ouvir um conselho do colega Eri Johnson. O ator foi sincero ao opinar sobre a performance da famosa como bailarina, e sugeriu que ela investisse na carreira de atriz.

Ator Eri Johnson. (Foto: reprodução)
Ator Eri Johnson. (Foto: reprodução)

Conselho de Eri Johnson

“Gente, tinha tudo para ser uma péssima história, mas acabou sendo muito libertador. Eu era bailarina e estava começando a ser atriz, me aventurando nesse mundo. Eu fiz um musical com o Eri Johson, isso em 1989, e confesso a vocês que eu não era uma boa bailaria, a verdade é essa! Eu era ruim mesmo!”, declarou a famosa durante sua recente participação no programa Faustão na Band.

“O Eri já conseguiu ver em mim uma atriz, alguém que teria um certo talento, mas eu estava ali, catando cavaco no musical. Teve uma hora que eu cheguei a sair torta de cena. Nisso, ele me pegou pelo ombro e falou bem assim pra mim: ‘Clarinha, você dança mal pra caramba! Larga esse negócio! Você é uma boa atriz e muito engraçada”, relatou a atriz, que não viu o conselho sincero do colega como uma ofensa.

“Ao invés de eu tomar aquilo como uma ofensa, na verdade eu encarei aquilo como algo libertador. Isso aconteceu em um final de semana e, já na segunda-feira, eu parei de fazer aula de dança. Foi realmente um negócio instantâneo… A gente tem sim que ouvir as críticas”, confessou.