Marlene descobre o conteúdo da caixa misteriosa deixada por Carlão e fica em choque com o que encontra


Marlene e Duda em Vai na Fé. (Foto: reprodução)
Marlene e Duda em Vai na Fé. (Foto: reprodução)

Conteúdo da caixa misteriosa de Carlão finalmente é revelado em Vai na Fé

Em Vai na Fé, o mistério em torno da caixa misteriosa deixada por Carlão (Che Moais) finalmente será revelado ao público e aos personagens da trama. Nos próximos capítulos da atual trama das 19h da Globo, Marlene (Elisa Lucinda) e Duda (Manu Estvão) abrirão o pacote danificado que será danificado por Pudim e descobrirão seu conteúdo oculto.

Tudo começa quando o cachorro resolve brincar com a caixa e acaba rasgando o embrulho, causando um buraco nele. Quando Duda percebe a travessura do animal, já é tarde demais. Com espanto, ela entrega o pacote danificado a Marlene, que, movida pela curiosidade, decide abri-lo e retirar o que está dentro.

Para surpresa delas, encontram uma tela enrolada. Ao desenrolar o tecido, deparam-se com uma pintura de um bem-te-vi, um pássaro comum no Brasil. A descoberta da pintura causa espanto nas personagens, principalmente em Duda, a irmã mais nova de Jenifer.

Pintura. (Foto: reprodução)
Pintura. (Foto: reprodução)

Marlene descobre o que tem dentro da caixa

Sol (Sheron Menezzes), também presente no momento, se questiona sobre quem poderia ser o proprietário da obra. Nenhuma delas entende por que Carlão escondeu algo tão “trivial”. No entanto, aparentemente a pintura é famosa e possui um grande valor financeiro, o que explica por que Carlão decidiu mantê-la consigo, ciente de seu potencial lucrativo.

É por essa razão que Stuart (Antonio Calloni) demonstra tanto interesse em roubar a caixa que agora está em posse de Duda. Com a revelação do conteúdo da caixa misteriosa, a trama ganha novos desdobramentos e a busca pelo valor e significado da pintura se torna o centro da narrativa.

Vale ressaltar que Vai na Fé é escrita por Rosane Svartman e tem direção artística de Paulo Silvestrini. O elenco conta com nomes como os de Sheron Menezzes, Samuel de Assis, Emilio Dantas, Carolina Dieckmann, José Loreto, Regiane Alves, Bella Campos e Clara Moneke.