Médica fala o que pode acontecer com Faustão após transplante e explica quadro clínico do apresentador


Faustão (Foto Reprodução/Internet)
Faustão (Foto Reprodução/Internet)

O apresentador Faustão está na fila aguardando para realizar um transplante de coração e poderá aguardar até por 18 meses

O apresentador Fausto Silva, carinhosamente conhecido por Faustão, precisou entrar para a fila de espera por um coração, pois sua saúde teve uma piora nos últimos dias.

Assim, o comunicador de 73 anos segue internado no Hospital Albert Einstein, em São Paulo, onde passa por diálise e fazendo uso de medicamento para ajudar no bombeamento do coração.

Segundo o portal “NaTelinha” que conversou com a Drª. Stephanie Rizk, a médica especialista em transplante cardíaco. Ela fez uma análise do caso de Fausto Silva e explicou que, após passar pelo transplante, ele poderá ter uma vida quase normal.

“Após um transplante de sucesso, se fizer o protocolo adequado e sem rejeição ou infecção e tiver todo cuidado, a vida dele pode ser próxima do normal”, disse Stephanie. Mas ela alertou que é preciso seguir o protocolo e fazer todos os exames.

Faustão na Band (Foto: reprodução/Band)
Faustão na Band (Foto: reprodução/Band)

Faustão precisará continuar hospitalizado

A especialista contou, ainda, que várias são as causas que levam a uma insuficiência cardíaca. Esse problema pode ser causado pelo alcoolismo, doença de Chagas, hipertensão arterial, miocardite ou até mesmo isquemia.

A Drª. Stephanie Rizk disse que o coração vai enfraquecendo e chega um momento que os medicamentos orais não surtem mais efeito. A partir daí os médicos entram com inotrópico para aumentar a força muscular do órgão.

A médica acredita que, por enquanto, Faustão não poderá deixar o hospital porque precisa fazer uso do medicamento na veia para que seu coração consiga bombear.

Ela lembrou que alguns pacientes ficam em casa esperando pelo transplante. Mas no caso do apresentador é necessário fazer diálise e usar os remédios mais fortes.

A especialista disse que o paciente transplantado tem uma sobrevida média de 11 anos, mas há casos em que a pessoa viveu até 20, ou seja, tudo depende do cuidado que o transplantado tem.

Faustão em seu programa na Band. (Foto: Reprodução)
Faustão em seu programa na Band. (Foto: Reprodução)
Bruna Alves

Autor(a):

Bruna Alves

Eu sou Bruna Alves, redatora de notícias da televisão e celebridades desde 2016, com passagens em alguns sites da área ao logo desse tempo. No FATOS DA TV, trago notícias com credibilidade e responsabilidade aos leitores, relembrando acontecimentos passados da TV e dos famosos, mas também deixando os leitores atualizados com assuntos da atualidade.