Morte de protagonista caiu como uma bomba na Globo , gerou choque no elenco e correria nos bastidores


Protagonista de "Sol de Verão" sofreu um ataque cardíaco (Foto: Reprodução/ Globo)
Protagonista de "Sol de Verão" sofreu um ataque cardíaco (Foto: Reprodução/ Globo)

Falecimento de protagonista da novela “Sol de Verão”, da Globo, gerou correria e tumultuou os bastidores do folhetim

A morte aos 55 anos de Jardel Filho, protagonista de “Sol de Verão”, abalou o autor Manoel Carlos e o elenco da novela da Globo.

No dia 19 de fevereiro de 1983, o ator sofreu um ataque cardíaco em casa e não resistiu. Destacada no “Jornal Naciona”l, a notícia caiu como uma bomba, tumultuando o desfecho da produção.

O autor não conseguiu terminar a novela da Globo, que só foi em frente porque uma pesquisa mostrou que os telespectadores queriam ver seu final.

“Por mim, a novela acabava agora. Será ‘dificilissimo’ entrar no cenário sem o Jardel”, disse na época o diretor Jorge Fernando ao jornal “O Globo”.

Exibida entre 11 de outubro de 1982 e 19 de março de 1983, “Sol de Verão” contava a história de Rachel (Irene Ravache), que decidiu se separar do marido, Virgilio (Cecil Thiré) para buscar a verdadeira felicidade.

Jardel Filho foi protagonista de Sol de Verão (Foto: Reprodução/ Globo)
Jardel Filho foi protagonista de Sol de Verão (Foto: Reprodução/ Globo)

Ela encontra o amor nos braços do mecânico Heitor, personagem de Jardel Filho, que morava num antigo sobrado com um grande jardim, onde muitos dos personagens se encontravam.

A audiência subiu na reta final

“O sentimento de dor é geral. Mas em termos práticos, até agora, recolhemos as seguintes opiniões: 14 pessoas sugeriram que Heitor vá para a Holanda [o sonho do personagem era se mudar para aquele país] e de lá escreva uma carta para a irmã dizendo que nunca mais voltará ao Brasil;”, iniciou Júlia.

“15 acham que a melhor solução é suspender a novela; e 12 pediram para que Heitor tenha uma morte bonita na novela. Mas a maioria parece acreditar que uma substituição é a melhor solução”, disse Júlia Estrella.

Então, chefe do centro de atendimento de telespectadores da emissora, também ao jornal “O Globo”. Assim, a gravação dos últimos capítulos foi tumultuada, com textos chegando em cima da hora e edição das cenas pouco antes da exibição.

Apesar de tudo, com a repercussão da morte do ator, a audiência cresceu. Como “Louco Amor”, de Gilberto Braga, que seria a novela seguinte, ainda não estava pronta para ir ao ar.

Então, a Globo exibiu uma versão compacta de “O Casarão”, de 1976, entre 21 de março e 8 de abril de 1983, para preencher o espaço entre as duas tramas.

Jardel Filho foi protagonista de Sol de Verão. (Foto: Reprodução)
Jardel Filho (Foto: Reprodução/ Globo)
Bruna Alves

Autor(a):

Bruna Alves

Eu sou Bruna Alves, redatora de notícias da televisão e celebridades desde 2016, com passagens em alguns sites da área ao logo desse tempo. No FATOS DA TV, trago notícias com credibilidade e responsabilidade aos leitores, relembrando acontecimentos passados da TV e dos famosos, mas também deixando os leitores atualizados com assuntos da atualidade.