Distribuía chifres! Musa dos anos 80 faz confissão bombástica sobre infidelidade: “Não fui fiel”


Famosa que já participou de obras da Globo revelou que já traiu (Foto: Reprodução/ Montagem/ Fatos da TV)
Famosa que já participou de obras da Globo revelou que já traiu (Foto: Reprodução/ Montagem/ Fatos da TV)

Personalidade da mídia confessa não ter sido fiel em seus relacionamentos. Saiba de quem se trata

Nos anos 1980, uma miríade de modelos ascendeu ao estrelato, tornando-se rapidamente musas, estampando capas de revistas e deslumbrando nos programas televisivos. Entre essas figuras, Luma de Oliveira emergiu como uma personalidade de destaque, conquistando não apenas os holofotes das revistas, mas também se tornando uma das rainhas do carnaval do Rio de Janeiro.

+ Musa do início do século transforma carreira; veja a incrível mudança

Luma, ao longo de sua trajetória, teve uma vida amorosa agitada, frequentemente alvo das colunas sociais e das fofocas das revistas. No entanto, um segredo guardado por muito tempo veio à tona recentemente: sua fidelidade não era um ponto forte em seus relacionamentos.

Em uma entrevista à Veja em julho de 2022, Luma fez uma confissão surpreendente: “Traí, sim, e várias vezes na minha juventude, mas não tenho orgulho disso. Eu era imatura, impulsiva. Não fui fiel e, quando traída, me senti diminuída”

Relação com Eike Batista

Entretanto, quando se trata de seu relacionamento com o empresário Eike Batista, que durou 13 anos, ela afirma ter sido fiel do início ao fim. Essa fidelidade, no entanto, não foi suficiente para preservar a amizade entre eles.

+ Estrela da Globo acabou afastada da TV por indisciplina e ataque de estrelismo: “Que todo mundo se fod*”

A história entre Luma e Eike teve desdobramentos legais. Em 2018, a modelo moveu um processo contra o ex-marido, buscando uma indenização de R$ 190 milhões. De acordo com a revista Veja, em março daquele ano, Luma alegou que Eike omitiu informações sobre uma mina de ouro durante a partilha dos bens do casal em 2004, quando se separaram.

Eike Batista e Luma de Oliveira (Foto: Reprodução)
Eike Batista e Luma de Oliveira (Foto: Reprodução)

A descoberta dessa mina ocorreu em 2008, quando ela foi cobrada por impostos pela Receita Federal. No processo, ela argumenta que o bem foi “maliciosamente ocultado” e que depositou confiança em seu ex-marido. O caso ainda segue na Justiça.

Eike Batista foi considerado um dos homens mais bem-sucedidos do Brasil, à frente do grupo EBX, atuante em áreas como energia, mineração e logística, entre outros setores. No entanto, a empresa esteve envolvida na Operação Lava Jato, em 2017, e o empresário foi preso por corrupção ativa e lavagem de dinheiro.

Polêmica do carnaval de 1998

O casal, conhecido por sua fama, ganhou notoriedade no carnaval de 1998, quando Luma desfilou na escola de samba Tradição usando uma coleira com o nome do então marido. A atitude causou controvérsia, sendo alvo de críticas à postura da modelo.

Luma de Oliveira curte o carnaval de 1998 com sua polêmica coleira. Foto: Divulgação

Em uma entrevista à Folha de S. Paulo, em fevereiro de 2020, Luma explicou: “Até hoje as pessoas me mandam fotos com o meu nome ou o do parceiro na coleira. Era uma brincadeira. Não imaginava que ia mexer com os padrões de feministas. Aquela coleira era libertadora. Uma mulher submissa não estaria com um maiô sexy, de bota, sambando na frente de 300 ritmistas. Acho todas as conquistas maravilhosas. E ainda falta muito. Mas a liberdade tem que ser para fazer o que a gente quiser”.

Luma de Oliveira chamou a atenção ao usar uma coleira (Foto: Reprodução/ Globo)
Luma de Oliveira chamou a atenção ao usar uma coleira (Foto: Reprodução/ Globo)

Carreira

Luma de Oliveira iniciou sua carreira de modelo aos 16 anos, sendo inicialmente reconhecida como a irmã mais nova da renomada atriz Ísis de Oliveira. Sua estreia ocorreu em um ensaio interno para a revista Playboy, em agosto de 1984, na edição estrelada por Lucinha Lins.

Apesar de ter realizado trabalhos na Alemanha, França e Japão, no Brasil permaneceu na sombra de sua irmã famosa, embora fosse uma profissional talentosa nas passarelas.

+ Estrela da Globo nunca mais foi vista na emissora, após detonar colegas: “E essa V@c*”

Sua ascensão à fama aconteceu nos desfiles apoteóticos de carnaval por várias escolas do Rio de Janeiro. Iniciou como passista da Portela, porém sua beleza não se destacou nos primeiros desfiles na década de 1980. Foi em 1987, ao se tornar madrinha de bateria na Caprichosos de Pilares, que causou sensação ao desfilar com os seios à mostra, marcando sua presença na Marquês de Sapucaí. Nos anos seguintes, desfilou por várias escolas, inclusive a Tradição, onde teve que lidar com a já citada polêmica.

Ao longo dos anos, seus desfiles foram marcados por momentos polêmicos, como a paradinha dos ritmistas em 2001 pela Viradouro, onde encarnou o pecado da luxúria, e em 2005, ao retornar à Caprichosos com um par de algemas no pescoço. Sua presença no mundo das revistas masculinas também foi notável, estampando a capa da Playboy diversas vezes, além de outras publicações como a VIP.

Luma de Oliveira como capa da Revista Playboy de 1988 (Foto: Reprodução)
Luma de Oliveira como capa da Revista Playboy de 1988 (Foto: Reprodução)

Participação na TV

Além de sua carreira como modelo, Luma teve incursões na atuação, participando de novelas da Rede Globo e filmes, embora tenha recusado papéis em algumas produções. Como empresária, esteve envolvida no ramo de cosméticos, mas enfrentou problemas legais com sua empresa de consultoria e franchising.

Luma de Oliveira (Foto: Reprodução)
Luma de Oliveira (Foto: Reprodução/Internet)

Sua vida pessoal e profissional foi amplamente coberta pela mídia, aparecendo em várias capas de revistas, participando de campanhas publicitárias e sendo homenageada em uma música de Wando, intitulada “Eu já tirei a sua roupa”.

Luma de Oliveira, ao longo de sua trajetória, foi uma figura controversa, marcando presença não só nos holofotes dos desfiles de carnaval, mas também nos diferentes campos da mídia e do entretenimento, onde deixou um legado de polêmicas e momentos emblemáticos.

Atualmente, aos 60 anos, Luma leva uma vida tranquila em sua mansão no Rio de Janeiro. Ela afirma: “Eu me dou o direito de não fazer nada. Guardei dinheiro desde o primeiro trabalho. Também dos meus tempos de modelo, das campanhas que fiz durante o casamento. Sempre tive hábitos simples”.

Hudson William

Escrevo sobre notícias da TV e das celebridades há muitos anos com passagens, inclusive, por outros portais como TV Foco. Meu objetivo é informar com precisão e clareza.