Musa dos anos 80 esperava ter mais chances em sua carreira na Rede Globo


Fátima Freire é o nome artístico de Maria de Fátima Naves Freire, atriz que começou sua carreira aos 17 anos

Em Cuca Legal, da Rede Globo, começou a trajetória de Fátima Freire nas novelas em 1975, quando viveu Elaine.

Personagem Zelinda foi marcante na novela "Gina", em 1978: "Era uma menina" — Foto: Arquivo Globo
Personagem Zelinda foi marcante na novela “Gina”, em 1978: “Era uma menina” — Foto: Arquivo Globo

 

Em seguida, ele atuou em Senhora (1975), O Feijão e o Sonho (1976) e Dona Xepa (1977), telenovelas nas quais desempenhou um papel proeminente, interpretando Heloisa.

Depois de participar de outros programas de televisão e séries, o reconhecimento em nível nacional chegou em 1985, quando ele deu vida a Paula em A Gata Comeu, da Rede Globo.

A protagonista estava comprometida com Fábio (Nuno Leal Maia), era descendente de Ofélia (Diana Morel) e Martim (Rogério Fróes), além de ser a irmã de Xande (Oberdan Jr.) e Sueli (Juliana Martins).

“São coisas que não têm explicação. As pessoas ainda me chamam de Paula, a novela foi um grande sucesso”, disse a atriz ao jornal O Globo em 2001.

Menos trabalhos Após o triunfo da história criada por Ivani Ribeiro, ela participou de projetos na emissora Manchete, como Novo Amor (1986), Tudo ou Nada (1986), Carmem (1987), Olho por Olho (1988) e Escrava Anastácia (1990).

Retornou à emissora Rede Globo e esteve envolvido em produções televisivas, como a novela Anos Rebeldes (1992), a minissérie Pátria Minha (1994) e o programa O Fim do Mundo (1996).

Diante de escassas oportunidades televisivas, nos anos 1990 optou por se deslocar para a Califórnia, localizada nos Estados Unidos, onde embarcou em um período de atualização profissional ao passar doze meses frequentando cursos na cidade de Santa Barbara.

“A novela, A Gata Comeu, foi um grande sucesso, mas depois começaram a me escalar menos. Essa carreira é instável. É preciso ter equilíbrio. Não é legal achar que a profissão é tudo na vida. Há outras prioridades. Sinto muita saudade, sou cria da Globo, onde estreei aos 17 anos”, comentou.

Saída da emissora

Após concluir sua estadia no exterior, regressou ao Brasil e envolveu-se em projetos profissionais nas emissoras Rede Globo, SBT e Record, como por exemplo os programas Sete Pecados (2007), Malhação (2008), Promessas de Amor (2009) e Amor e Revolução (2011).

A mais recente empreitada profissional da pessoa em questão ocorreu em 2014, quando ela fez uma participação na série “Pé na Cova”.

Desde então, a atriz, que atualmente possui 69 anos, afastou-se do mundo da televisão, concentrando-se em uma diferente esfera de atuação e dedicando-se principalmente à sua família.

“Estou dando um tempo para mim. Afinal, trabalho desde os meus 17 anos e quero aproveitar o tempo com os filhos, netos e marido, que acabou de se aposentar. Sempre gostei de trabalhar e nunca sonhei em ser dondoca. Tenho meus negócios e administro um espaço de eventos. Descobri meu talento para lidar com os números”, contou Fátima ao Gshow.

Lucas Goia

Autor(a):

Lucas Goia