Marcou na TV

Musa que parou o Brasil nos anos 80 foi vítima de notícia perversa sobre caso com Erasmo Carlos


Erasmo Carlos (Foto: Reprodução - Globo)

Na década de 1980, a mídia especulou um suposto romance entre Erasmo Carlos e a musa, e chegou a noticiar uma falsa tentativa de suicídio

Há precisamente um ano, em 22 de novembro de 2022, o Brasil lamentava a perda de um dos grandes cantores e compositores da nossa história – Erasmo Carlos. Ele faleceu aos 81 anos e deixou um legado notável para o público.

Além de notável intérprete, Erasmo Carlos foi um homem de opinião firme que sempre defendeu as mulheres e desafiou convenções. E um desses momentos ocorreu em 1984, ao lado de uma modelo renomada.

No início dos anos 1980, Roberta Close despontou como uma das modelos mais requisitadas do país. A grande controvérsia em torno de sua persona surgiu devido ao fato de seu nome verdadeiro ser Luiz Roberto Gambrine Moreira.

Durante sua adolescência, ela descobriu sua identidade transgênero e adotou a identificação de gênero feminino.

Enfrentando preconceito familiar, Roberta optou por deixar sua casa aos 14 anos em busca de independência. A partir desse momento, ela se tornou uma modelo de destaque, trabalhando para renomadas marcas.

Veja também

Ela se tornou uma sensação: estampou numerosas capas de revistas, tornou-se presença frequente em programas de televisão e desfilou em várias passarelas pelo mundo ao lado de grandes modelos, como Cindy Crawford e Linda Evangelista.

Em 1984, Erasmo Carlos retornava ao topo das paradas musicais com a canção “Dá um close nela”. Segundo o cantor, Roberta não foi a musa inspiradora da música, mas ela seria perfeita para protagonizar o videoclipe produzido para o Fantástico.

Roberta Close e Erasmo Carlos
Roberta Close e Erasmo Carlos (Foto: Reprodução/ Internet)

A fofoca caiu como bomba

Contudo, além do sucesso, os dois enfrentaram diversos rumores – revistas de fofocas especulavam sobre um relacionamento entre eles e alegavam que a então esposa de Erasmo, Sandra Sayonara Saião, teria tentado suicídio ao descobrir toda a verdade.

Ambos Erasmo Carlos e Roberta negaram veementemente a história, mas o incidente deixou marcas em suas carreiras. Roberta mencionou esse episódio em 2015, durante uma entrevista com Gugu Liberato.

“Quando houve esse escândalo envolvendo a esposa de Erasmo Carlos, a revista ‘Contigo’ afirmou que eu era amante dele, mas eu nunca tinha visto o cantor mais de uma vez na minha vida… As pessoas presumem que têm o direito de interferir em uma situação da qual não têm conhecimento”, desabafou a modelo.

Esse foi o único projeto em que Roberta trabalhou com Erasmo Carlos. Ao saber da morte do músico, ela prestou uma breve homenagem ao compartilhar a icônica capa em que ambos apareciam na revista Manchete.

Atualmente, aos 58 anos e afastada dos holofotes, a modelo reside em Zurique, na Suíça, desde 1993, com seu esposo – o empresário suíço Roland Granacher.

Recentemente, ela esteve no Brasil e aproveitou para participar do programa Altas Horas, da Globo. Ela também revelou que está em produção um documentário que retratará sua vida pessoal e profissional.

“Eu estive envolvida com a mídia e para mim é desafiador estar fora desse meio. No início, eu me senti perturbada por me afastar assim”, disse.

“No entanto, sou alguém que aprecia desafios. Então, decidi demonstrar para mim mesma que seria capaz de viver além do mundo midiático”, compartilhou a musa durante uma entrevista no programa de Gugu em 2018.

Roberta Close e seu marido
Roberta Close e seu marido (Foto: Reprodução/ Internet)