Musa da Globo, dos anos 1970, reclamou de aparência e fez desabafo intrigante: “A beleza atrapalha”


Atriz da Globo fez revelação (Foto: Reprodução, Montagem, Fatos da TV)
Atriz da Globo fez revelação (Foto: Reprodução, Montagem, Fatos da TV)

A beleza da artista que fez sucesso na Globo chamava tanta atenção que ela chegou a posar para a capa da revista Playboy

Musa das novelas da Globo nos anos 1970 e 1980, Monique Lafond está longe da TV aberta há três anos e tem se dedicado só ao teatro.

A atriz de 62 anos deu entrevista para o quadro Por Onde Anda?, do Vídeo Show desta segunda (6), e mostrou sua atividade como professora de teatro para a terceira idade.

Ela também lembrou sua carreira na televisão e revelou que se incomodava com sua beleza. “Para mim, a beleza atrapalha. Fica um grau de exigência [grande sobre isso], a beleza o tempo todo vem na frente do seu trabalho. Diziam ‘Você tá tão bonita’. E eu pensava assim: ‘Ai que meleca, mas e o meu trabalho?'”, confessou.

De fato, a beleza de Monique chamava tanta atenção que ela chegou a posar para a capa da revista Playboy. Mas ressaltou: “Naquela época a gente usava roupas, adereços, não eram nus explícitos”.

Musa da Globo nos anos 1970, atriz reclama de aparência: 'A beleza atrapalha' · Notícias da TV

A artista se dedica ao teatro ultimamente

A atriz completou 50 anos de carreira em 2016 e comemora a data com a volta aos palcos. Revitalizou um teatro no Rio e Janeiro e está em cartaz desde o fim de janeiro com a peça 4 na Kitchenette.

Além de atriz e professora de teatro, Monique Lafond também é sócia de uma produtora de vídeo e coordenadora de um centro cultural para a terceira idade, que oferece atividades de dança, canto, literatura e história da arte.

“É um grande resgate, é a forma de as pessoas estarem em exercício. Só estou bem hoje porque dou aula, estou em constante exercício”, explica.

A carreira de atriz de Monique começou aos 11 anos, na peça Música Divina Música, inspirada em A Noviça Rebelde. Ela estreou na Globo em 1973, na trama Os Ossos do Barão.

Com mais de 30 trabalhos na TV, entre novelas, especiais e humorísticos, a atriz se destacou também em produções como A Moreninha (1975), Os Trapalhões (1978-1983), Vale Tudo (1988) e Que Rei Sou Eu? (1989).

Por fim, seu último papel em uma novela foi uma participação especial em Alto Astral (2014).

Monique Lafond – Atriz, diretora, produtora e professora.

Bruna Alves

Autor(a):

Bruna Alves

Eu sou Bruna Alves, redatora de notícias da televisão e celebridades desde 2016, com passagens em alguns sites da área ao logo desse tempo. No FATOS DA TV, trago notícias com credibilidade e responsabilidade aos leitores, relembrando acontecimentos passados da TV e dos famosos, mas também deixando os leitores atualizados com assuntos da atualidade.