Desempregada, Neusa Borges não entende motivo do desprezo da Globo: “Queria descobrir antes de morrer”


Neusa Borges (Foto Reprodução/ Globo)
Neusa Borges (Foto Reprodução/ Globo)

Neusa Borges esteve em diversas produções da Globo, mas está afastada das telinhas atualmente

Nascida em Florianópolis, Santa Catarina, Neusa Borges começou sua carreira em São Paulo, como crooner de orquestras. Na televisão, estreou na extinta TV Tupi, em 1970, em “Simplesmente Maria”. Ela esteve ainda em “A Viagem” (1975).

No ano seguinte, Neusa Borges foi contratada pela Globo, onde participou de produções como “Escrava Isaura” (1976), “Dona Xepa” (1977), “Sinhazinha Flô” (1977) e “Dancin’ Days” (1978).

Neusa Borges em "Escrava Isaura" (Foto Reprodução/Internet)
Neusa Borges em “Escrava Isaura” (Foto Reprodução/Internet)

Depois disso, a famosa atriz esteve em tramas da Band, TV Cultura, SBT e na extinta Rede Manchete, mas voltou para a Globo logo após. Nos anos 1990, participou de “De Corpo e Alma” (1992), “Quatro por Quatro” (1994) e “A Indomada” (1997).

Em 2001, se destacou como Dalva, em “O Clone”. Ela também atuou em “América” (2005) , “Caminho das Índias” (2009), “Araguaia” (2010) “A Vida da Gente” (2011).

Dalva, de "O Clone" (Foto Reprodução/Internet)
Dalva, de “O Clone” (Foto Reprodução/Internet)

Em 2003, Neusa Borges sofreu um acidente durante um desfile da escola de samba Unidos da Tijuca, no Carnaval do Rio de Janeiro. Ela precisou de cirurgia ao fraturar a bacia e ganhou uma indenização de R$700 mil na Justiça.

Nos últimos anos, após passar por dificuldades financeiras, Neusa Borges fez apelos pedindo por novas oportunidades na TV e participou de “Salve Jorge” (2012) e “Boogie Oogie” (2014).

Em 2016, esteve em uma produção da Record, “Escrava Mãe”, e logo após participou de séries como “Xilindró” (2016-2020), “Valor da Vida” (2019) e “Sob Pressão” (2017). Em 2020, esteve na série do canal pago Comedy Central, “Auto Posto”.

Atualmente com 81 anos, em uma recente entrevista ao programa “Sensacional”, na RedeTV!, ela revelou nunca ter entendido o motivo de não ter um contrato fixo com a Globo.

Neusa Borges hoje (Foto Reprodução/Internet)
Neusa Borges hoje (Foto Reprodução/Internet)

“Queria descobrir isso antes de morrer. Eu fiquei praticamente 50 anos ali dentro. Eu fiz grandes trabalhos com certeza, mas eu sempre digo, quando falam que não existe racismo. Talvez por ser mulher negra?” – Questionou Neusa Borges.

Retorno à Globo

De acordo com o colunista Gabriel Perline, do Portal IG Gente, Neusa Borges foi contratada para o elenco fixo para a terceira temporada da série “A Divisão”, do Globoplay. Ainda de acordo com informações do portal, as gravações já estão em andamento.