No leito de morte, grande ator da Globo fez pedido para a esposa que deixou todos comovidos


Artista estrelou diversas produções na Globo. (Foto: reprodução)
Artista estrelou diversas produções na Globo. (Foto: reprodução)

Nicette Bruno e Paulo Goulart formaram um dos casais mais queridos e longevos da Globo e da televisão brasileira, com uma união que durou mais de 60 anos. A relação entre os dois era tão consolidada que somente a morte foi capaz de separá-los.

Pai dos atores Paulo Goulart Filho, Beth Goulart e Bárbara Bruno, Paulo Goulart faleceu no dia 13 de março de 2014, aos 81 anos, depois de travar uma luta contra o câncer. Ele havia sido diagnosticado com a doença, que afetou os seus rins, em 2008, quando iniciou os tratamentos, que teve altos e baixos, mas não resistiu às complicações.

Paulo já era considerado um dos atores mais experientes da televisão brasileira, tendo protagonizado também inúmeros trabalhos no teatro. Sua estreia na telinha ocorreu ainda nos anos 1950, na extinta TV Paulista. Na Globo, ele integrou o elenco de várias novelas e minisséries clássicas, como Roda de Fogo (1986), Fera Radical (1988), O Dono do Mundo (1991), Mulheres de Areia (1993), Esperança (2002), América (2005), Pé na Jaca (2006), Ti Ti Ti (2010), Morde & Assopra (2011) e O Tempo e o Vento (2014), que acabou sendo seu último trabalho na TV.

Nicette Bruno e Paulo Goulart foram casados por mais de 60 anos. (Foto: reprodução)
Nicette Bruno e Paulo Goulart foram casados por mais de 60 anos. (Foto: reprodução)

Ator da Globo fez pedido comovente para a esposa

O Jornal Nacional chegou a noticiar a morte de Paulo Goulart e fez uma homenagem ao experiente ator, com uma entrevista de Nicette Bruno, que falou sobre a sua relação de décadas com o marido. Chamou a atenção, inclusive, a revelação comovente que ela fez sobre o último pedido do ator: “Viva muito, trabalhe como você gosta e não perca sua alegria”.

“Com todos os filhos à sua volta, seus netos, e eu de mãos dadas com ele, porque o nosso amor é eterno. Nós estaremos juntos sempre”, falou a atriz, que faleceu seis anos após o marido, em 20 de dezembro de 2020, por complicações da Covid-19.