Novelas

O Rei do Gado revoltou chefão da Globo e autor foi ameaçado: “Parabéns pelo que você arranjou”


O Rei do Gado causou polêmica ao abordar o Movimento Sem Terra. (Foto: Reprodução)

O Rei do Gado está de volta à programação da Globo, depois de ter se tornado uma das novelas de maior sucesso da história da emissora. Mas quem hoje vê o folhetim consolidado, mal pode imaginar como a produção causou dor de cabeça no canal durante sua exibição original, em 1996.

E tudo isso aconteceu em virtude de temas polêmicos que foram abordados pela novela, como o Movimento Sem Terra (MST) e a Reforma Agrária. Para piorar a situação, a trama havia estreado dois meses após a morte de 19 pessoas que faziam parte do Movimento Sem Terra em uma cidade do Pará, algo que vinha tomando conta do noticiário na época e que gerou bastante discussão.

O autor Benedito Ruy Barbosa enfrentou momentos de tensão quando a novela estava no auge discutindo esses temas. Ele chegou a receber em sua casa um bilhete anônimo com ameaças: “Parabéns pelo que você arranjou. Sou fazendeiro e se aparecer alguém aqui como os de sua novela, aumento o muro três metros para ninguém sair mais”.

Chefão da Globo ficou revoltado com O Rei do Gado

Mas esse não foi o único problema enfrentado pelo novelista por conta dos temas polêmicos abordados em O Rei do Gado. A temática da trama dividia opiniões dentro da própria Globo, e revoltou o então chefão da emissora, José Bonifácio de Oliveira Sobrinho, o Boni.

Veja também: Após ser preso e ficar sem trabalho, ex-ator da Globo é sustentado pela mulher: “Não aguento mais”

Em entrevista para o livro Biografia da Televisão, Benedito Ruy Barbosa contou que o diretor geral do canal chegou a lhe telefonar, raivoso, questionando a sua decisão de abordar esses temas na novela, e porque ele não havia lhe comunicado isso com antecedência.

“Um dia, o Boni me ligou muito bravo porque eu coloquei os sem-terra na trama. Ele queria saber o porquê de não aparecer essa informação na sinopse”, relatou o veterano, que para conseguir autorização para continuar desenvolvendo o tema, ele teve de se explicar bastante e prometer tratar da temática com cautela.

Autor(a):