O sumiço misterioso de musa da Globo dos anos 80


Wanda-Stefania (Foto: Reprodução)

Wanda Stefânia, uma figura icônica das produções televisivas das décadas de 1970 e 1980, desapareceu do cenário televisivo há algum tempo.

Originária de São Paulo, Wanda Stefânia era uma renomada atriz, que agora possui 73 anos, deu seus primeiros passos artísticos no teatro, em uma peça chamada “A Infidelidade ao Alcance de Todos”.

Wanda-Stefania (Foto: Reprodução)
Wanda-Stefania (Foto: Reprodução)

A partir de 1973, ela foi contratada pela TV Tupi, onde estrelou várias novelas marcantes, como “Rosas dos Ventos”, “A Barba-Azul”, “Ovelha Negra”, “O Julgamento” e “Éramos Seis”.

Durante essa mesma década, Wanda também participou de algumas produções do gênero pornochanchada, além das novelas “Te Contei”, na qual interpretou o papel memorável de Sabrina, que ficou gravado na memória do público, e “Como Salvar Meu Casamento”.

Destaque em Amor com Amor se paga

Wanda-Stefania em Amor com Amor se paga (Foto: Reprodução)
Wanda-Stefania em Amor com Amor se paga (Foto: Reprodução)

Na história, Wanda interpretou Santuza, a proprietária da rotisseria em Monte Santo. Uma mulher humilde, lutadora e extremamente ciumenta.

Era esposa de Tito, a quem ajudou a estudar e progredir na vida.

No entanto, a comerciante não conseguiu acompanhar o ritmo dessa evolução, resultando em crises de ciúmes, cobranças e desgaste no casamento.

Além disso, era mãe de Carlito, um indivíduo mentiroso e preguiçoso.

Afastamento

Nos anos seguintes, participou de projetos como “O Cavalo Dourado” e “O Pátio das Damas”.

Em 1984, na emissora Globo, fez parte do elenco de “Amor com Amor se Paga”, que recentemente foi transmitida pelo canal Viva.

Desde então, não voltou a ser vista na programação da emissora líder. Posteriormente, na TV Manchete, fez parte do elenco de Floradas na Serra e também da malsucedida série Brida.

Seu último trabalho em telenovelas, até o momento presente, ocorreu no SBT, em 2003, na produção intitulada Canavial de Paixões.

Há quase duas décadas afastada das telas, ela atualmente dedica-se ao ensino de teatro e interpretação, além de atuar como compositora.

Infelizmente, pouco se sabe sobre os verdadeiros motivos que levaram a atriz a deixar o meio televisivo.

Ela foi esposa do diretor Hugo Barreto, com quem teve sua única filha, Rebecca Barreto.

Lucas Goia

Autor(a):

Lucas Goia