Overdose arrancou sonho de ator promissor da Globo que entrou em declínio


Logo da Globo (Foto: Reprodução)

Um ator da Globo que tinha um futuro promissor acabou perdendo a vida por causa de uma overdose

Um ator que fez a novela Pé na Jaca no ano de 2006 na Globo tinha tudo para brilhar ainda mais na emissora, mas uma overdose arruinou este sonho. Estou falando de Antônio Firmino, um mineiro que começou a trabalhar nos Correios, mas em um curso para ser modelo mudou de vida.

Após o primeiro desfile, Antônio resolveu investir na carreira de ator e de dançarino e foi assim que se mudou para o Rio de Janeiro. Depois de Pé na Jaca, ele fez as novelas Duas Caras de 2009, além das séries Guerra & Paz (2008) e de Toma Lá, Dá Cá (2009).

+ Doença fatal impediu que atriz dos anos 80 terminasse novela na Globo

Voltando as tramas, Antônio chegou a interpretar o ex-namorado de Helena (Taís Araujo) na trama de Viver a Vida ainda em 2009. Dois anos depois ele fez Morde e Assopra (2011) e logo a sua última novela Sangue Bom em 2013.

PARTIDA PRECOCE

Talvez pela instabilidade da profissão, Antônio Firmino entrou em surto e se entregou para as drogas. Na ocasião a delegada Daniela Terra que investigou a morte do ator apurou com a namorada da época, grávida de seis meses, que a família queria levá-lo de volta para Minas Gerais e assim ajudá-lo. Não houve tempo o suficiente.

+ Você piscou e o ator que viveu “Francisco” em “Páginas da Vida”, cresceu e virou o homem mais lindo do país

Antônio Firmino (Foto: Reprodução)

Antônio morreu aos 34 anos ao ser encontrado no banheiro de sua casa com o nariz sangrando ao lado de um cachimbo de crack e também cocaína. Ainda no ano de 2013, sua irmã, Nubia Alice, revelou ao R7:

“Há um ano meu irmão bebia, às vezes extrapolava, mas foi pro AA (Alcoólicos Anônimos). A gente é cristão, ele foi num encontro com Deus e viu que queria tomar cuidado para não se tornar alcoólatra. Ele estava triste com o fim da novela e tomava antidepressivos, mas não acredito.”