Parceiro de Ratinho entregou desespero do apresentador por causa de dívida: “Não conseguia pagar”


Apresentador Ratinho. (Foto: reprodução/SBT)
Apresentador Ratinho. (Foto: reprodução/SBT)

Iran Theime, o Santos, contou história curiosa sobre como ajudou Ratinho no início da carreira

Graças ao seu carisma na frente das câmeras e fora delas, Ratinho se estabeleceu como um dos maiores nomes da televisão brasileira. No entanto, recentemente, o foco mudou para um de seus funcionários, que revelou um momento de desespero do apresentador nos bastidores, incluindo uma atitude surpreendente.

De acordo com Iran Theime, que interpreta o Santos na televisão, durante uma entrevista para o podcast “Salada Cast”, ele lembrou de um episódio que ocorreu quando os dois trabalhavam juntos antes da fama. Acontece que, no início de sua carreira, Ratinho enfrentou dificuldades financeiras por causa de um carro que tinha e não conseguia pagar.

Iran revelou que ajudou o apresentador quando um fiscal o procurou. “Eu trabalhava com o Ratinho em 1986. Ele comprou um Fiat, ele não conseguia pagar e um fiscal foi procurar ele”, começou o artista.

Iran Theime dá vida ao personagem Santos. (Foto: reprodução/Montagem/Fatos da TV)
Iran Theime dá vida ao personagem Santos. (Foto: reprodução/Montagem/Fatos da TV)

Humorista deu detalhes de como ajudou o apresentador

Depois, Iran Theime admitiu que o fiscal pediu um autógrafo do apresentador do SBT. “O homem falou: ‘Isso é do Ratinho, apresentador?’ Você me arruma um autografo e eu consigo mais 15 dias”, confessou o famoso.

Iran Theime conseguiu o autógrafo e ajudou Ratinho a conseguir mais alguns dias para pagar o carro. Ele também contou o que aconteceu nos bastidores quando contou a Ratinho o que havia acontecido. “Eu posso falar dessa história, ninguém mais sabe disso, ele estava na sala e bateu na mesa com fé e disse: ‘Um dia eu vou ter um avião’”, revelou o famoso.

Santos ao lado do apresentador. (Foto: reprodução)
Santos ao lado do apresentador. (Foto: reprodução)

Por fim, Iran Theime destacou o quanto Ratinho batalhou para chegar onde está hoje. “Ele sempre foi batalhador, um homem que acordava de madrugada, dormia pouco, a mulher dele passava a roupa dele”, disse o humorista.