Pedro Bial quase perdeu sua vida em uma tentativa de assalto: “Cena de terror”


Pedro Bial quase perdeu sua vida em uma tentativa de assalto (Foto: Reprodução, Globo)
Pedro Bial quase perdeu sua vida em uma tentativa de assalto (Foto: Reprodução, Globo)

O primeiro BBB da história no Brasil foi marcado por grandes momentos, mas Pedro Bial quase não conseguiu está aqui para a segunda edição do programa

“O jogo vai começar. 12 pessoas estão a caminho do inesperado”. Foi assim que Pedro Bial abriu a primeira edição do Big Brother Brasil em 29 de janeiro de 2002. Com 37 câmeras espalhadas pela casa e 60 microfones cercando as conversas dos participantes, o BBB 1 teve a edição mais curta da história, durando apenas 64 dias.

Apresentador Pedro Bial (Foto: Reprodução)
Apresentador Pedro Bial (Foto: Reprodução)

Um dia após apresentar a final da primeira edição do Big Brother Brasil, em 2 de abril de 2002, o apresentador Pedro Bial quase perdeu a vida no Rio de Janeiro. Em 3 de abril daquele ano, o jornalista foi vítima de um assalto seguido de tentativa de homicídio. Ele teve seu carro perseguido por quatro bandidos que, em alta velocidade, o fecharam e o obrigaram a frear.

O assalto

Os criminosos saltaram do carro e fizeram Bial sair do veículo. Contudo, quando o apresentador já estava rendido, um dos assaltantes apontou uma arma para o ouvido dele e disparou um tiro, que passou raspando, deixando-o quase surdo do lado esquerdo. O fato aconteceu na Avenida Niemeyer, em São Conrado.

Apresentador Pedro Bial (Foto: Reprodução, Globo)
Apresentador Pedro Bial (Foto: Reprodução, Globo)

“Eles estavam muito nervosos e alucinados, e pareciam estar drogados. Eu estou bobo de estar vivo. Tenho certeza que Deus estava entre a bala e eu”, afirmou o jornalista ao jornal O Globo do dia seguinte.

Em seguida, na coletiva de imprensa realizada sobre o assunto, ele mostrou como foi a abordagem e disse que viveu uma “cena de terror”.

Apresentador do BBB Pedro Bial (Foto: Reprodução, Globo)
Apresentador do BBB Pedro Bial (Foto: Reprodução, Globo)

Então, o apresentador do BBB se fingiu de morto para que os bandidos não atirassem novamente, já que estavam pegando o carro e fugindo em direção ao Vidigal.