Perdeu a noção! Ratinho ligou ao vivo para a Globo e fez pedido inacreditável


Ratinho já ligou para a Globo ao vivo em seu programa (Foto: reprodução)
Ratinho já ligou para a Globo ao vivo em seu programa (Foto: reprodução)

Uma das principais marcas de Ratinho, desde o início da sua carreira, é, sem dúvidas, o seu estilo irreverente, que faz o apresentador tomar atitudes ou falar algo sem pensar muito nas consequências. E foi assim que o apresentador do SBT acabou tomando uma decisão que entrou para os anais da TV brasileira.

Em dezembro de 2010, o famoso pegou a todos de surpresa, durante o Programa do Ratinho, ao vivo, e pediu para que sua produção ligasse para a Globo. O apresentador estava incomodado com a demora da emissora em encerrar um capítulo da novela Passione, exibida na faixa das 21h, e revelou que a audiência do seu programa subia sempre ao término do folhetim da concorrência.

Quem atendeu acabou atendendo a ligação foi um funcionário do setor de coordenação da Globo. “Aqui é do Programa do Ratinho e a gente fica esperando todo dia vocês terminarem a novela pra gente colocar as coisas no ar. Vocês não terminam nunca”, disse o apresentador. Ao perceber a situação, o funcionário caiu na gargalhada, e Ratinho fez um pedido inusitado: “Corta a novela para a gente subir [a audiência] um pouco”.

O rapaz chegou a questionar se ele realmente não tinha ligado errado, mas Ratinho insistiu que telefonou para fazer uma “reclamação”. Bem humorado, o funcionário ainda explicou que a decisão sobre o término de programas e da programação da Globo era de responsabilidade de outro setor, no Rio de Janeiro. “Então, liga pro Rio”, falou.

Ratinho já despertou interesse da Globo

Em 1998, Ratinho se tornou um fenômeno de audiência na Record no comando do polêmico Ratinho Livre, e esse sucesso do apresentador chegou a despertar o interesse da Globo, mas cautelosa, em virtude do seu estilo popularesco, a emissora optou por realizar um estudo interno antes.

Mas isso não ficou apenas no campo da especulação. O próprio vice-presidente da Globo na época, Roberto Irineu Marinho (hoje presidente do Grupo Globo), confirmou o interesse da emissora em contar com Ratinho.

Roberto Irineu, no entanto, também aproveitou para alfinetar o conteúdo do programa comandado por Ratinho na Record, mas mesmo reconhecendo o carisma do apresentador, deu a entender que o estilo popularesco atrapalhou a sua transferência para a Globo.

“Não vamos menosprezá-lo. [Ratinho] é um camarada com um carisma danado e poderia estar fazendo um programa de melhor qualidade, com grande sucesso. É um desperdício usar o Ratinho em um programa tão ruim”, declarou o executivo.