Personagem importante foi cortado de Chocolate com Pimenta para que a novela pudesse ir ao ar


Cena de Chocolate com Pimenta. (Foto: reprodução/Globo)
Cena de Chocolate com Pimenta. (Foto: reprodução/Globo)

Globo precisou alterar trama de Chocolate com Pimenta para conseguir exibi-la às 18h

Quem hoje vê o sucesso da trama de Chocolate com Pimenta, que é considerada uma das melhores e mais bem-sucedidas novelas da história da faixa das 18h da Globo, mal pode imaginar que o folhetim sofreu inúmeras mudanças antes de ir ao ar e a história poderia ter sido apresentada de forma bem diferente.

Acontece que, um mês antes da novela ir ao ar, a emissora carioca foi surpreendida com um parecer do Ministério da Justiça que vetava a exibição da trama na faixa das 18h, colocando-a como imprópria para menores de 12 anos, e dessa forma, só poderia ser exibida a partir das 20h. Segundo o órgão, a trama escrita por Walcyr Carrasco, de acordo com a sua sinopse, apresenta “desvirtuamento moderado de valores éticos e conflitos psicológicos atenuados”.

Ocorre que, alguns meses antes, a Globo havia entregue a primeira versão da sinopse da novela para o Ministério e ela foi classificada como livre para todos os públicos. Porém, o autor promoveu algumas mudanças posteriormente, e foram essas alterações, que também tiveram que ser submetidas à análise, que fizeram com que a trama tivesse uma nova classificação.

Ana Francisca (Mariana Ximenes) na trama. (Foto: reprodução/Globo)
Ana Francisca (Mariana Ximenes) na trama. (Foto: reprodução/Globo)

Protagonista teria um noivo

Uma mudança importante na história de Chocolate com Pimenta em relação ao que foi exibido foi o corte de um personagem que seria noivo da protagonista Ana Francisca (Mariana Ximenes). Na sinopse original, ela retornaria de Buenos Aires para se vingar após a morte de Ludovico (Ary Fontoura) com um homem que era o seu noivo. Esse personagem, no entanto, foi excluído da história nas novas mudanças que o autor precisou promover para reclassificar a novela.

Assim, após novas conversas com o Ministério da Justiça, a Globo finalmente conseguiu a liberação para exibir a novela na faixa das 18h, assegurando que a trama não traria qualquer prejuízo ao horário livre.

Entre outras mudanças que foram promovidas por Walcyr Carrasco em relação à sinopse original, estava a inserção do personagem Sebastian, vivido por Tarcísio Filho, um golpista que ingressou na história para movimentar ainda mais a vida e o romance de Ana Francisca com Danilo (Murilo Benício).