Personagem mascarado de novela da Globo deixou o público traumatizado e fez revelação bizarra


Adonay era personagem de A Viagem. (Foto: reprodução)
Adonay era personagem de A Viagem. (Foto: reprodução)

Não são raros os casos de personagens, seja de novelas ou de programas infantis, que têm a proposta de divertir o público, especialmente as crianças, mas acabam se tornando bizarros, ao ponto de causar um efeito inverso e traumatizar muitos telespectadores. E isso já aconteceu em uma novela da Globo.

Escrita por Ivani Ribeiro (1994), A Viagem é considerado um dos folhetins mais marcantes da emissora, mas também um dos mais bizarros, seja pelo seu tom sombrio, os temas abordados, ou a caracterização de alguns personagens, como o vilão Alexandre, vivido por Guilherme Fontes. Chamava atenção, aliás, uma trama com essas características ir ao ar na faixa das 19h, que hoje é conhecida na Globo por exibir tramas com uma pegada mais leve e até cômica.

Mas Alexandre não era considerado o personagem mais bizarro de A Viagem. Esse título acabou ficando com Adonay, um personagem misterioso interpretado por Breno Moroni, que vivia sempre com uma máscara de pierrô.

Adonay sem a máscara na novela. (Foto: reprodução)
Adonay sem a máscara na novela. (Foto: reprodução)

Personagem bizarro na novela

O curioso é que a intenção do personagem era justamente divertir o público, já que se tratava de alguém inofensivo, amigo das crianças e bem-quisto pelos demais personagens. Porém, a caracterização de Adonay com essa máscara e o fato de ele sempre se comunicar através de mímica, fazia com que se tornasse uma figura sombria, misteriosa e causasse até medo involuntário.

A máscara sempre escondeu a verdadeira identidade de Adonay, levantando muitos questionamentos sobre o motivo pelo qual ele nunca a tirava. Até que, após muito mistério, o seu rosto e as suas motivações finalmente foram reveladas, mas de forma chocante, já que o homem revelou que o seu rosto era desfigurado, em virtude de um grave acidente que sofreu, e por isso mesmo, sempre vivia mascarado.

Na trama, Adonay engatava um romance com Carmen, personagem vivida por Suzy Rêgo, e ele decidia retirar a máscara justamente para revelar a sua verdadeira identidade para a amada, mas a reação de choque da mulher o deixou frustrado, e ele decide ir embora sozinho.