Na pior, Ratinho não conseguiu pagar carro, recebeu cobrança e fez promessa: “Ninguém mais sabe disso”


Apresentador Ratinho. (Foto: reprodução/SBT)
Apresentador Ratinho. (Foto: reprodução/SBT)

Ratinho teve dificuldades para conseguir pagar um carro no início da sua carreira como apresentador

Com sua presença carismática tanto dentro quanto fora das telas, Ratinho se consolidou como uma das maiores personalidades da televisão brasileira. No entanto, recentemente, a atenção se voltou para um de seus colaboradores, que revelou um momento de desespero nos bastidores do apresentador, incluindo uma atitude surpreendente.

Em uma entrevista para o podcast “Salada Cast”, Iran Theime, que interpreta Santos na TV, relembrou um episódio que ocorreu quando ambos trabalhavam juntos antes da fama. Durante o início da carreira de Ratinho, ele enfrentou dificuldades financeiras por causa de um carro que havia comprado e não conseguia pagar.

Segundo Iran, ele ajudou o apresentador quando um fiscal o procurou. “Eu trabalhava com Ratinho em 1986. Ele comprou um Fiat, não conseguiu pagar e um fiscal veio atrás dele”, começou o artista. O fiscal pediu um autógrafo do apresentador do SBT e disse que poderia conceder mais 15 dias para o pagamento.

Iran Theme, o Santos, ao lado do apresentador. (Foto: reprodução)
Iran Theime, o Santos, ao lado do apresentador. (Foto: reprodução)

Apresentador fez promessa após receber cobrança

Iran conseguiu o autógrafo e ajudou Ratinho a obter um prazo adicional para quitar o carro. Ele também contou o que aconteceu nos bastidores quando contou a Ratinho o que havia acontecido. “Eu posso contar essa história, ninguém mais sabe disso. Ele estava na sala e bateu na mesa com força e disse: ‘Um dia, vou ter um avião'”, revelou o famoso.

Veja também: Veterano da Globo não aceitou sua condição e decidiu tirar a própria vida: “Não queria ser um peso”

Por fim, Iran enfatizou o quanto Ratinho lutou para chegar onde está hoje. “Ele sempre foi um trabalhador incansável, um homem que acordava cedo, dormia pouco e tinha a esposa para passar suas roupas”, disse o humorista.