Ratinho na Globo? Emissora revelou porque nunca contratou o apresentador: “Chegamos a avaliar”


Globo já chegou a avaliar contratação de Ratinho. (Foto: reprodução/Montagem)
Globo já chegou a avaliar contratação de Ratinho. (Foto: reprodução/Montagem)

Ratinho já despertou o interesse da Globo no auge do sucesso

Nos últimos anos da década de 1990, Ratinho rapidamente alcançou o estrelato na televisão com seu estilo popular e irreverente, que encontrou inspiração em figuras como Luiz Carlos Alborghetti. Embora ele comandasse um programa regional na CNT/Gazeta em Paraná, sua popularidade crescia rapidamente e a Record e até mesmo a Globo estavam de olho nele.

A emissora dos bispos, no entanto, acabou vencendo a corrida ao assinar com Ratinho em 1998, tornando-o um fenômeno ainda maior com seu programa controverso “Ratinho Livre”, que chegou a liderar as classificações. Em março do mesmo ano, a Folha de S. Paulo até destacou que a Globo estava interessada em contratá-lo, mas cautelosa com seu estilo popular, a emissora optou por realizar um estudo interno antes de fazer qualquer movimento.

Mas isso não era apenas especulação. O então vice-presidente da Globo, Roberto Irineu Marinho (hoje presidente do Grupo Globo), confirmou o interesse da emissora em Ratinho. No entanto, ele também aproveitou para criticar o conteúdo do programa apresentado por Ratinho na Record, sugerindo que seu estilo popular era uma barreira para ele entrar na Globo.

Ratinho fez sucesso no final dos anos 1990. (Foto: reprodução/Montagem)
Ratinho fez sucesso no final dos anos 1990. (Foto: reprodução/Montagem)

Chefão da Globo explicou motivo da não contratação

“Não vamos menosprezá-lo. [Ratinho] é um cara muito carismático e poderia estar apresentando um programa de melhor qualidade com grande sucesso. É uma pena desperdiçar o Ratinho em um programa tão ruim”, disse o executivo.

Roberto Irineu explicou ainda que a Globo avaliou a possibilidade de trabalhar com Ratinho, mas com uma linguagem e comportamento diferentes. No entanto, ele afirmou que não havia hipótese de um programa como o “Ratinho Livre” na Globo. Isso foi antes de ele assinar com a Record.

Vale lembrar que o sucesso de Ratinho na Record também chamou a atenção de Silvio Santos, que acabou convencendo o apresentador a assinar com o SBT, poucos meses após sua estreia. A negociação causou muita polêmica na época. Ratinho ainda apresenta seu programa na emissora e já afirmou várias vezes que não tem intenção de sair de lá.