Record demitiu autora de novelas renomada após passar dramaturgia para filha de Edir Macedo


Record teve grande mudança (Foto: Reprodução)
Record teve grande mudança (Foto: Reprodução)

A autora de novelas deixou a emissora, devido as mudanças promovidas pelo núcleo de teledramaturgia 

A Record, em dezembro do ano passado, decidiu delegar o setor de teledramaturgia da emissora à Igreja Universal- fato concretizado em janeiro deste ano- e, por isto, Cristianne Fridman teve seu contrato rescindido. 

+ Conheça alguns bordões memoráveis e que deram o que falar nas novelas brasileiras

A maioria das novelas não bíblicas da emissora eram obras da autora. À época, quem deu a notícia da saída da autora foi a colunista Patrícia Kogut, do jornal O Globo. 

O desligamento foi concretizado no dia 31 de dezembro de 2022 e a série que a autora escreveu inteira foi colocada na gaveta. A carreira de roteirista de Fridman teve início em 1995, na Rede Globo, desenvolvendo a extinta- porém muito marcante- novela Malhação. 

+ Apresentadora apelou na porta do SBT e implorou para Silvio Santos não demiti-la: “Eu chorei”

De 1996 a 1997, a autora esteve no SBT como autora principal na novela Dona Anja. Como a boa filha à casa torna, Fridman retornou à emissora da capital fluminense e lá foi roteirizou o programa de auditório infantil Gente Inocente e foi colaboradora em Malhação 2001, Coração de Estudante e Malhação 2003. 

Cristianne Fridman (Foto:  Divulgação)
Cristianne Fridman (Foto: Divulgação)

Carreira na Record  

Após estas empreitadas, Cristianne migrou para a emissora da Barra Funda e lá seu primeiro projeto foi a telenovela Essas Mulheres, de Marcílio Moraes, em que foi colaboradora. O primeiro projeto solo de Fridman foi a já citada novela Bicho do Mato e de lá não parou mais. A autora escreveu Bicho do Mato, Chamas da Vida, Vidas em Jogo, Vitória, Topíssima e Amor sem Igual. 

A última novela citada foi paralisada, em 2020, pela pandemia. Cristianne terminou de escrever a novela, porém apenas alguns capítulos inéditos foram exibidos em 2021 e o resto não foi colocado no ar. 

Além da renomada autora, a emissora também tem promovido mudanças no seu núcleo de atores, visto que vários têm deixado a casa. A responsável por cuidar da teledramaturgia da emissora de Edir Macedo é sua filha Cristiane Cardoso. 

Cristiane Cardoso passou a cuidar da dramaturgia da Record (Foto: Reprodução)
Cristiane Cardoso passou a cuidar da dramaturgia da Record (Foto: Reprodução)
Hudson William

Escrevo sobre notícias da TV e das celebridades há muitos anos com passagens, inclusive, por outros portais como TV Foco. Meu objetivo é informar com precisão e clareza.