Renata Sorrah recebe homenagem e final de Wilma em Vai na Fé é inspirado na sua própria vida


Wilma (Renata Sorrah) em "Vai na Fé" (Foto: Reprodução, Globo)
Wilma (Renata Sorrah) em "Vai na Fé" (Foto: Reprodução, Globo)

Renata Sorrah recebe homenagem em Vai na Fé

No desfecho de Vai na Fé, a personagem Wilma, interpretada pela atriz Renata Sorrah, vive uma reviravolta em sua carreira artística, inspirada na trajetória da própria intérprete. Após enfrentar críticas negativas da imprensa, Wilma consegue dar a volta por cima e retomar sua fama graças ao polêmico filme “Fumaça Macabra”.

No entanto, o sucesso da atriz toma um rumo inesperado. Wilma começa a ser aclamada por adolescentes e jovens e acaba se tornando um meme nas redes sociais devido à sua atuação canastrona no filme. Com o ego inflado pelo reconhecimento, a atriz comemora o sucesso, mesmo que seja de uma forma inusitada.

A história de Wilma assemelha-se ao que aconteceu com Renata Sorrah, que também ficou famosa na internet por causa de uma cena marcante de sua personagem Nazaré, na novela “Senhora do Destino”. A vilã Nazaré viralizou graças a suas sequências icônicas e se tornou um ícone da cultura pop.

Renata Sorrah em Vai na Fé. (Foto: reprodução)
Renata Sorrah em Vai na Fé. (Foto: reprodução)

Final feliz da personagem

Wilma, assim como sua intérprete, vira uma figura cult na internet e, consequentemente, acaba colhendo frutos desse sucesso. Ela é disputada por vários projetos e recebe convites para trabalhar com autores renomados, como Gloria Perez, João Emanuel Carneiro e Walcyr Carrasco, que participam da novela e a convidam para estrelar suas obras.

No final de Vai na Fé, Wilma vive o ápice de sua carreira, alcançando a glória que tanto sonhou. Ela se torna uma estrela cobiçada e reconhecida pelos fãs, celebrando o sucesso que finalmente conquistou após enfrentar desafios e superar as críticas iniciais. É o merecido reconhecimento da personagem e também um reflexo da trajetória de sua talentosa intérprete, Renata Sorrah.

Vai na Fé é escrita por Rosane Svartman e tem no elenco nomes como os de Sheron Menezzes, Samuel de Assis, Carolina Dieckmann, Emílio Dantas, Che Moais, José Loreto, Renata Sorrah e Regiane Alves. A direção geral é de Cristiano Marques e direção artística, de Paulo Silvestrini.