Sandra Annenberg expõe detalhes sobre carreira de atriz e revela foto inédita


Sandra Annenberg (Foto: Reprodução, Globo)
Sandra Annenberg (Foto: Reprodução, Globo)

Sandra Annenberg relembra carreira de atriz e faz fãs pensarem que se arrependeu da carreia de jornalista

Nostalgia pura! Sandra Annenberg fez uma reflexão sobre sua trajetória como atriz ao compartilhar uma imagem de seu registro como atriz, que remete há 35 anos, em uma postagem nas redes sociais.

“Me lembro da grande emoção que foi conseguir. Direto do túnel do tempo”, afirmou na legenda. Vale lembrar que em 1984, Sandra deu início à sua carreira no teatro com a peça intitulada ‘Um Dia Muito Especial’.

Sua estreia oficial no mundo artístico foi marcada por uma atuação de sucesso, compartilhando o palco com renomados nomes da dramaturgia brasileira, incluindo Tarcísio Meira e Glória Menezes.

Jornalista Sandra Annenberg (Foto: Reprodução, Globo)
Jornalista Sandra Annenberg (Foto: Reprodução, Globo)

Em 1988, Sandra Annenberg teve outra oportunidade na Globo, desta vez atuando na série que levava o nome dos renomados atores Tarcísio Meira e Glória Menezes. Na trama, ela desempenhou o papel de filha do personagem interpretado por Tarcísio Meira, Bruno Lazzarini, um empresário rico e arrogante.

No mesmo ano, Sandra também participou da novela ‘Pacto de Sangue’, ambientada no fim do Império. Seu personagem, Celeste, era a filha de um empresário criminoso e se envolvia em um romance com Carlos, um jornalista abolicionista interpretado por Fábio Junqueira.

Promoção ou rebaixamento?

Às vésperas de completar quatro anos à frente do Globo Repórter, Sandra Annenberg se adaptou rapidamente ao jornalístico. Ao menos em frente às câmeras. Aqui não se discute a qualidade da profissional, que é dona de uma brilhante carreira e um carisma raro. Tampouco do programa, que é referência há 50 anos e volta e meia ainda é a atração mais assistida da emissora na linha de shows.

A jornalista Sandra Annenberg (Foto: Reprodução)
A jornalista Sandra Annenberg (Foto: Reprodução)

Apesar de ser um produto de grande credibilidade na programação, fico com a impressão que Sandra segue “escondida” nas noites de sexta. Talvez porque sou de uma geração que a assistia todos os dias. Talvez por acreditar que ela é maior que o programa. Ou talvez por parecer que ela não quisesse, de fato, estar ali.