Sandy & Junior foram expulsos de programa e atitude deixou Xororó fora de si: “Vai levar uma porrada”


Dupla Sandy & Junior. (Foto: Reprodução)
Dupla Sandy & Junior. (Foto: Reprodução)

Em 2020, em depoimento para o documentário Sandy e Junior: A História, Xororó surpreendeu ao revelar que seus filhos, ainda crianças, foram expulsos de um programa por estarem acompanhados de seguranças.

“O cara chegou: ‘Espera aí, por causa de Sandy & Junior tem segurança aqui? Aqui não tem bandido não, pode sair todo mundo'”, relatou o cantor sertanejo. “Não quero saber de segurança aqui. Podem ir embora! Outra coisa, faz o seguinte: fale para os artistas que podem ir embora também!”, continuou o famoso, reproduzindo o que o profissional teria dito.

Xororó explicou que não estava acompanhando Sandy e Junior nesse momento, mas quando a sua esposa, Noely, lhe contou o que ocorreu, ele ficou irado, a ponto de precisar ser contido para não bater na pessoa que expulsou os seus filhos, quando foi para a emissora em outra ocasião.

“Quando a Noely ligou contando isso, me subiu o sangue de uma tal maneira. Fiquei tão nervoso que aí, no dia em que eu fui na emissora pra fazer um outro programa, a pessoa estava lá. Eu chamei o segurança e falei: ‘Fica perto de mim, segura a onda, porque esse cara vai levar uma porrada agora'”, revelou.

“Desculpa, mas mexer com o filho da gente não pode. Você se agiganta, você vira bicho. Principalmente por esse tipo de coisa tem que dar a volta por cima, mostrar que você é bem mais do que aquela pessoa tá pensando que você é. Graças a Deus eles foram cada vez mais se tornando mais fortes, em todos os aspectos”, explicou Xororó.

Marcello de Nóbrega ao lado de Carlos Alberto de Nóbrega. (Foto: Reprodução
Marcello de Nóbrega ao lado de Carlos Alberto de Nóbrega. (Foto: Reprodução

Diretor se arrepende de expulsão

No documentário, Xororó não revelou os nomes do programa, da emissora ou de quem teria expulsado Sandy & Junior de lá. Porém, alguns dias após a repercussão do relato do sertanejo, foi descoberto que isso ocorreu nos bastidores da Praça é Nossa, no SBT, e que a dupla mirim foi expulsa de lá por Marcello de Nóbrega, diretor do programa e filho de Carlos Alberto de Nóbrega.

Marcello explicou que essa confusão ocorreu por um desentendimento com os seguranças da dupla, que estavam impedindo a passagem dos artistas que integravam o elenco do programa. “Perguntei ao responsável da gravadora se podia tirar os seguranças, porque eles começaram a barrar os artistas da Praça. Falei: ‘Não é para barrar os nossos artistas que vocês estão aqui’. Ele: ‘Não quero saber, se os seguranças não ficarem eles não gravam’. Ele me afrontou no meu programa, na emissora onde eu trabalho”, disse Marcello em entrevista ao site Natelinha.

Veja também: Junior Lima escolheu essa pessoa como grande amor dele e agora já sabemos o motivo

“Esse cara da gravadora foi o grande culpado. Falou: ‘Se você quiser, levo eles embora’, como se não precisassem da Praça. O meu sangue ferveu, fui proteger os meus artistas. Não precisava daquele exagero. Ele me enfrentou e eu o enfrentei”, completou o diretor.

“Eu, como pai, teria a mesma reação que ele teve. Hoje, eu me arrependi do que fiz. Eu podia ter dado uma volta no quarteirão e contado até dez antes de gravar. Se eu pudesse voltar atrás, eu não faria, por serem dois artistas tão queridos quanto Sandy & Junior, porque eles saíram chorando de lá por uma grosseria de um profissional da gravadora que se achou mais importante do que o diretor e o apresentador do programa”, justificou.