Com acusação de plágio, SBT fez história com a Casa dos Artistas e irritou a Globo


Alessandra Iscatenna, participante da primeira Casa dos Artistas, junto com Silvio Santos (Foto: SBT)
Alessandra Iscatenna, participante da primeira Casa dos Artistas, junto com Silvio Santos (Foto: SBT)

O reality feito pelo SBT trouxe muitos problemas para a Globo

Todo bom amante de TV brasileira – principalmente de reality show – ou sabe perfeitamente o que aconteceu em outubro de 2001 ou, pelo menos, sente que a data remete a algo. No dia 28 deste mês, aconteceu a estreia do icônico reality A Casa dos Artistas, no SBT. 

+ Climão com fã mudou a vida de ator da Globo e só após ouvir dura crítica conquistou a fama

Na época, Silvio Santos estreou o programa sem, ao menos, fazer chamadas com antecedência do produto na emissora. O formato era semelhante ao do Big Brother- que ainda não havia estreado no Brasil-, porém, ao invés de anônimos, o elenco era composto por famosos. 

O projeto foi realizado de forma bem oculta e a equipe dos bastidores tinha como líder o ex-MTV e atual diretor dos realities da Record Rodrigo Carelli. O elenco que foi convocado uma semana antes de o programa ir ao ar, iria residir em uma Mansão no Morumbi que ficava ao lado da casa de Silvio Santos. 

No dia de estreia do reality, surgiram várias chamadas do novo programa do SBT. Estas diziam não só que se tratava do produto mais audacioso da TV, como ainda tentavam despertar a curiosidade do público em observar o que os artistas faziam fora das câmeras. 

O elenco da primeira edição- que é a mais lembrada- era composto por Alexandre Frota, Nubia Oliiver, Mari Alexandre, Taiguara Nazareth, Bárbara Paz, Leandro Lehart, Alessandra Scatena, Marco Mastronelli, Mateus Carrieri, a cantora PAT LAPIN- que, na época, usava o nome artístico “Patrícia Coelho”- Supla e Nana Gouvea. 

Elenco da Casa dos Artistas. (Foto: reprodução)
Elenco da Casa dos Artistas (Foto: SBT)

Acusação de Plágio e sucesso programa 

A estreia do programa conseguiu o feito de derrotar o Fantástico, porém não conseguiu bater o No Limite 3 que era a intenção inicial de Silvio Santos. A Globo acusou o SBT de ter plagiado o Big Brother Brasil que era um formato da holandesa Endemol e que havia sido comprado pela emissora carioca. 

Como o SBT já tinha quase comprado os direitos do produto, tinha noção de como este era produzido, logo desenvolveu a Casa dos Artistas. A Globo e a Endemol levaram o caso à justiça e o programa chegou a sair do ar durante curto período de tempo. 

A justiça decidiu que, de fato, houve plágio do Big Brother, por parte do SBT. Isto, porém, só ocorreu em 2010 e, nesta época, as quatro edições de A Casa dos Artistas já haviam sido exibidas. 

O reality foi um fenômeno na época e a final do programa- que teve Bárbara Paz como vencedora- proporcionou ao SBT a maior audiência de sua história- 47 pontos com picos de 55 no Ibope, contra somente 18 da Rede Globo, da São Paulo. A edição seguinte teve certo sucesso, porém as edições 3 e 4 não tiveram repercussão então Silvio Santos encerrou o reality. 

Casa dos Artistas chegou a ficar fora do ar no SBT. (Foto: reprodução)
Casa dos Artistas chegou a ficar fora do ar no SBT. (Foto: reprodução)
Hudson William

Escrevo sobre notícias da TV e das celebridades há muitos anos com passagens, inclusive, por outros portais como TV Foco. Meu objetivo é informar com precisão e clareza.