SBT pretendeu fazer versão brasileira de Chaves, e Quico quase fez humorístico na Globo


Silvio Santos planejou versão brasileira de Chaves no SBT. (Foto: reprodução)
Silvio Santos planejou versão brasileira de Chaves no SBT (Foto: Reprodução)

Carlos Villagrán, o Quico, da série Chaves, também poderia ter feito Os Trapalhões

No final da década de 1990, Silvio Santos enviou representante ao México para tratar das negociações com Roberto Gómez Bolaños, criador do seriado Chaves. Enquanto isto, Carlos Villagrán, durante passagem pelas terras tupiniquins, pensou em atuar na nova versão de Os Trapalhões. 

+ Novela da Globo teve chance de ser barrada por ser apimentada demais para horário

A estadia do intérprete de Quico em solo brasileiro foi muito comentada pela imprensa e isto deixou Silvio eufórico. 

“O empresário resolveu procurar Bolaños para propor-lhe participação no projeto. O SBT dispõe-se a pagar os direitos pelo uso da imagem do personagem e pretende mesclar antigos textos do programa com novos esquetes, escritos por Bolaños”, relatava matéria do jornal O Estado de S. Paulo. 

O enviado citado anteriormente foi Roberto Manzoni, o Magrão, figura conhecida do SBT. É válido citar que esta não foi a primeira vez que Roberto teve conversas com grandes figuras do solo brasileiro. 

“Xuxa propôs que fizesse roteiros para seu programa. E Pelé chegou a falar na possibilidade de lançar um longa-metragem com Chaves. Bolaños recusou, em respeito ao personagem, que foi feito para a TV. Alegou também falta de tempo”, disse o Estadão. 

Emissora fez especial

As conversas não foram proveitosas e o SBT só foi conseguir fazer o que queria em 2011. As estrelas foram Renê Vanorden, Carlos Alberto de Nóbrega, Ratinho, Lívia Andrade, Zé Américo e companhia limitada. O intuito era comemorar os 30 anos do Sistema Brasileiro de Televisão. Ainda, em 2011, gravou-se dois programas, além do primeiro episódio.

Hugo Cortéz- empresário de Villagrán,  disse ainda ao Estadão que seria possível seu agenciado participar da nova versão de Os Trapalhões. “Se houver alguma proposta, terei muito prazer em voltar à TV”, disse o intérprete de Quico, a respeito de trabalhos na TV brasileira. 

Outra grande tentativa do SBT 

Renato Aragão estava insatisfeito com a emissora da capital fluminense por terem tirado Os Trapalhões do ar e optado por exibir somente reprises da série cômica. O intérprete de Didi, inclusive, afirmou ao Estadão que cogitava deixar a empresa: “De repente, a gente vira móveis e utensílios, e isso está me incomodando”, desabafou.”. “Vou para onde tenha melhores condições de trabalho e possa experimentar alguma novidade”, encerrou. 

+ Famoso apresentador da Globo esteve perto de assinar com o SBT

Renato disse que duas emissoras tinham interesse nele e a imprensa alegava que, uma delas, era o SBT. Á época, o artista desenvolvia projeto, ao lado de Beto Carrero e Dedé Santana. A Globo chegou a fazer remake de Os Trapalhões em 2017. 

Renato Aragão e Carlos Villagrán, o Quico de Chaves. (Foto: reprodução)
Renato Aragão e Carlos Villagrán, o Quico de Chaves. (Foto: Reprodução)
Hudson William

Escrevo sobre notícias da TV e das celebridades há muitos anos com passagens, inclusive, por outros portais como TV Foco. Meu objetivo é informar com precisão e clareza.