Sol faz pedido absurdo e deixa Lui com o coração abalado em Vai na Fé


Sol e Lui em Vai na Fé. (Foto: reprodução)
Sol e Lui em Vai na Fé. (Foto: reprodução)

Sol faz pedido surreal para Lui em Vai na Fé

Em Vai na Fé, Lui (José Loreto) e Lumiar (Carolina Dieckmann) enfrentam a crescente paixão entre eles, mas também os desafios inevitáveis que se apresentam. Um desses desafios surge quando Sol (Sheron Menezzes), perturbada pelo amor que sente por Ben (Samuel de Assis), a mocinha é confrontada por Theo (Emílio Dantas) para terminar seu noivado com o advogado.

Essa situação deixa Lumiar em uma encruzilhada, dividida entre sua paixão por Lui e a preocupação com o futuro de Ben. Ao mesmo tempo, Sol tenta manter seu relacionamento com Ben intacto, mas a intromissão de Neide (Neyde Braga), uma figura fofoqueira na trama, ameaça revelar a verdade para Theo.

Diante dessa situação complicada, a mocinha se vê obrigada a inventar uma dissolução mais convincente, propondo a Lui que finja ser seu parceiro por um tempo até tentar conseguir resolver essa confusão, que ocorre em um momento crítico.

(Foto: reprodução)
(Foto: reprodução)

Lui finge namoro com a mocinha

Essa ideia é arriscada, assim como a falsa apreensão de Kate (Clara Moneke), mas ambos concordam em seguir com o plano enquanto buscam uma forma mais astuta de lidar com a manipulação de Theo. Assim, a trama se desenrola com Sol e Lui embarcando em uma farsa, tentando manter as aparências enquanto elaboram um plano para enfrentar Theo e suas manipulações.

Isso, claro, também irá balançar o coração do mocinho, que já foi muito apaixonado por Sol. Em determinado momento da trama, aliás, eles tiveram que fazer algo inverso, precisando esconder o relacionamento que mantinham para evitar que a família da dançarina fosse atingida com isso.

Vai na Fé é escrita por Rosane Svartman e tem no elenco nomes como os de Sheron Menezzes, Samuel de Assis, Carolina Dieckmann, Emílio Dantas, Che Moais, José Loreto, Renata Sorrah e Regiane Alves. A direção geral é de Cristiano Marques e direção artística, de Paulo Silvestrini.