Traição de Ramiro marcará início da derrocada final de Antônio em Terra e Paixão


Ramiro e Antônio em Terra e Paixão. (Foto: reprodução, Globo)
Ramiro e Antônio em Terra e Paixão. (Foto: reprodução, Globo)

Antônio sofre queda no final de Terra e Paixão

Nos últimos capítulos de “Terra e Paixão”, Antônio (Tony Ramos), o vilão cruel e poderoso de Nova Primavera, verá seus dias de impunidade chegarem ao fim. Ramiro (Amaury Lorenzo), que durante toda a trama foi o capataz fiel e subserviente do fazendeiro, finalmente se cansará dos abusos e trairá Antônio de forma gloriosa, desempenhando um papel fundamental em sua queda.

Ao longo da novela escrita por Walcyr Carrasco, Antônio revelou-se um personagem arrogante e prepotente, acreditando-se dono de tudo e todos devido à sua imensa fortuna. Essa atitude autoritária causou terror não apenas entre os diversos personagens que cruzaram seu caminho, mas também entre seus próprios funcionários, que o obedeciam movidos pelo medo.

Ramiro, que sempre seguiu as ordens de Antônio e vestiu a fachada de funcionário fiel movido por um sentimento de dívida desde a infância, finalmente atingiu um ponto de ruptura. O capataz, em uma reviravolta surpreendente, decide se rebelar contra o patrão, tomando atitudes impensáveis até então.

Ramiro em Terra e Paixão. (Foto: reprodução, Globo)
Ramiro em Terra e Paixão. (Foto: reprodução, Globo)

Ramiro trai Antônio

Os últimos episódios de “Terra e Paixão” prometem revelar toda a revolta de Ramiro, que se tornará um aliado crucial para os protagonistas da trama. Ele, conhecedor de todos os crimes cometidos por Antônio, estará disposto a entregar as informações necessárias para Marino (Leandro Lima), possibilitando a prisão do vilão que aterrorizou a cidade.

Antônio em Terra e Paixão. (Foto: reprodução, Globo)
Antônio em Terra e Paixão. (Foto: reprodução, Globo)

A traição de Ramiro marca um ponto de virada na história, revelando um lado corajoso e decidido do capataz que, cansado dos abusos do patrão, escolhe lutar contra a injustiça e pela justiça. O embate entre Ramiro e Antônio promete ser emocionante e essencial para o desfecho impactante de “Terra e Paixão”.