Bastidores: Três histórias envolvendo William Bonner, incluindo uma guerra com cozinheira e desavenças na Globo


O jornalista William Bonner (Foto: Reprodução)
William Bonner surpreendeu em atitude (Foto: Reprodução)

Descubra as três historias sobre William Bonner, que incluem desafetos na Globo e um incidente numa padaria. Saiba mais sobre o lado menos conhecido do jornalista

William Bonner, renomado âncora do Jornal Nacional da Globo, é uma figura proeminente na televisão brasileira. Apesar de sua presença marcante na TV, ele geralmente busca manter sua vida pessoal discreta.

Alguns episódios envolvendo seu nome ganharam destaque nos últimos anos. Durante seu tempo junto com Patrícia Poeta no Jornal Nacional, houve rumores de uma relação tensa entre os dois. Embora ela tenha negado desavenças, relatos sugerem que não mantinham uma relação próxima, diferente do vínculo que Bonner tem com Renata Vasconcellos.

Em outra ocasião, Bonner passou por um momento desconfortável em uma padaria no Rio de Janeiro, onde foi hostilizado por uma pessoa favorável ao então presidente Jair Bolsonaro. Isso o constrangeu publicamente, forçando-o a deixar o local rapidamente.

Além disso, uma ex-cozinheira do casal Bonner-Bernardes fez acusações recentes sobre maus-tratos por parte do jornalista, alegando que, apesar de ter ajudado a salvar um dos filhos do casal de um incidente, foi maltratada e incompreendida.

William Bonner e Fátima Bernardes, que estiveram juntos de 1990 a 2016, são pais de trigêmeos: Vinícius, Laura e Bia Bonemer.

O jornalista busca manter sua vida pessoal tão reservada quanto possível, apesar da constante atenção do público.

Trajetória no jornalismo

Em 1982, William Bonner iniciou sua jornada acadêmica ao prestar vestibular para Comunicação na Fundação Armando Alvares Penteado e, também, Comunicação Social com ênfase em Publicidade e Propaganda na (ECA-USP). Aprovado em ambos os cursos, optou pela USP, graduando-se em 1990.

Sua trajetória profissional teve início em 1983 como redator publicitário. No ano seguinte, na Rádio USP FM, foi locutor e apresentador do programa “Trilha Sonora” onde durou até 1986. Em 1985, deu início ao seu trabalho na TV Bandeirantes SP como locutor e apresentador. Em junho de 1986, aceitou o convite da TV Globo de São Paulo, assumindo a função de apresentador e editor do telejornal local, SPTV. Em 1988, tornou-se também apresentador do Fantástico.

No ano seguinte, transferiu-se para o Rio de Janeiro, apresentando o Jornal da Globo entre 1989 e 1993 em São Paulo, ao lado de Fátima Bernardes. Além disso, foi editor-chefe do Jornal Hoje entre 1994 e 1996. Desde abril de 1996, é o âncora do Jornal Nacional, tornando-se também o editor-chefe do programa em 1999.

William Bonner e Patrícia Poeta (Foto: Reprodução/Globo)
William Bonner e Patrícia Poeta (Foto: Reprodução/Globo)

Em setembro de 2009, William lançou o livro “Jornal Nacional: Modo de Fazer” em homenagem aos 40 anos do JN, revelando os bastidores da preparação das edições do telejornal. Os direitos autorais foram doados à Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (ECA/USP). Pouco depois, começou a utilizar o Twitter, ganhando milhões de seguidores e recebendo o Shorty Award na categoria jornalismo em março de 2010.

Posteriormente, em 30 de abril de 2010, Bonner anunciou seu afastamento do Twitter, alegando necessidade de mais tempo para cuidar da saúde e de compromissos profissionais em um ano de Copa do Mundo e eleições.

Ao longo de sua carreira, recebeu diversos prêmios, incluindo o Melhores do Ano 2009 e 2013 e o Troféu Mário Lago em 2014, todos no programa Domingão do Faustão, sendo reconhecido como Melhor Jornalista e homenageado pelo conjunto da obra.

Em 18 de agosto de 2023, Bonner alcançou a marca notável de 10 mil dias como âncora do Jornal Nacional, consolidando sua longa e importante trajetória na televisão brasileira.

Vida pessoal

William Bonner, renomado âncora do jornalismo televisivo brasileiro, teve como pais o médico William Bonemer, que faleceu em 2016, e Maria Luisa, que nos deixou em abril de 2019. Ambos eram descendentes de imigrantes libaneses, e o sobrenome Bonemer é uma transliteração do árabe Bou Nemr.

Em 1990, William Bonner uniu-se em matrimônio à também jornalista Fátima Bernardes. O casal compartilha uma história marcada pelo nascimento dos trigêmeos Vinícius, Laura e Beatriz, que vieram ao mundo em 21 de outubro de 1997. Entretanto, a trajetória matrimonial com Fátima teve um desfecho anunciado em 29 de agosto de 2016, quando o término da relação foi oficializado.

Bonner e a esposa Natasha (Foto: Reprodução, Instagram)
Bonner e a esposa Natasha (Foto: Reprodução, Instagram)

A vida amorosa de Bonner tomou um novo rumo a partir de novembro de 2017, quando ele iniciou um relacionamento com a fisioterapeuta Natasha Dantas. A conexão entre os dois foi além do namoro, culminando no casamento em setembro de 2018, marcando um novo capítulo na vida pessoal do famoso jornalista.

Ambos, inclusive, estiveram em Paris com o intuito de celebrar os 60 anos que Bonner completou no dia 16 de novembro. O casal postou foto nas redes em um luxuoso restaurante da cidade luz. Enquanto ele está de férias, Renata Vasconcellos e Heraldo Pereira comandam o jornal noturno.

Hudson William

Escrevo sobre notícias da TV e das celebridades há muitos anos com passagens, inclusive, por outros portais como TV Foco. Meu objetivo é informar com precisão e clareza.