Anvisa anuncia proibição de venda de remédios populares às pressas nas farmácias após morte

21/06/2024 às 14h30

Por: Sandra Cotrim
Imagem PreCarregada
Urgente! Anvisa anuncia proibição após morte ser confirmada (Foto: agphotography)

Boa parte dos brasileiros foram pegos de surpresa nos últimos meses. Isso porque, cada vez mais notícias são expostas que a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) vem suspendendo a fabricação, comercialização, distribuição e uso de alimentos de diversas marcas ao redor do país. No entanto, agora, a instituição parou tudo ao soltar um alerta para a população sobre alguns medicamentos que foram proibidos nas farmácias.

Urgente! César Tralli comunica falência de empresa e expõe caos na gigante das farmácias: “R$ 6 bilhões”

Anvisa suspende venda de remédios

Reviravoltas! 3 signos verão suas vidas serem transformadas e terão chances de ganhar na loteria

Os alertas da Anvisa, em via de regra, servem para garantir a segurança dos brasileiros em relação ao uso de remédios, ao consumo de alimentos e muito mais. Por isso, a Agência faz testes constantes em diversos produtos que fazem parte do dia a dia das pessoas. Com isso em mente, confira tudo que você precisa saber sobre o alerta da Anvisa sobre medicamentos, e como ele afeta a vida da população nacional.

Nota fiscal assegura benefícios para brasileiros e resgate de até R$ 5.000 fica disponível para CPFs

Veja também

Recentemente, a agência determinou a retirada de 10 remédios populares das farmácias, após a confirmação de mortes associadas ao seu uso. Essa medida foi tomada em caráter de urgência, visando proteger a saúde dos consumidores e evitar novos casos fatais. Em 2022, um caso chocante envolvendo a morte de uma enfermeira em São Paulo levou a instituição a proibir a venda de uma lista com mais de 100 remédios.

Já era! Bradesco deixa clientes em choque e decreta fim oficial de serviço importante; veja detalhes

Anvisa faz comunicado sobre medicamentos (Imagem Reprodução Internet)
Anvisa faz comunicado sobre medicamentos (Imagem Reprodução Internet)

ACABOU! Famosa empresa declara falência após quase 9 décadas e é esmagada por concorrente

Essa proibição foi necessária após a confirmação de que esses produtos poderiam causar riscos à saúde dos consumidores, levando até mesmo à morte. Um dos casos que mais chamou atenção da Vigilância Sanitária foi o da enfermeira que faleceu devido a uma hepatite fulminante, supostamente causada pelo uso de chá em cápsulas de emagrecimento.

Tem +60? Idosos têm direito a mais de 10 benefícios e isenções que são garantidos por lei

Além disso, a morte da cantora Paulinha Abelha, do grupo Calcinha Preta, também levantou suspeitas sobre o uso desses tipos de medicamentos. Sendo isso, foi decidido a retirada de 10 remédios populares das farmácias em caráter de urgência. Esses medicamentos, que eram facilmente comprados sem receita médica, representavam um risco para a saúde dos consumidores.

2 grupos especiais de beneficiários receberão extras junto ao Bolsa Família em junho

Confira lista de alguns remédios proibidos pela Vigilância Sanitária:

Mudou! Novos critérios para ter direito ao saque do PIS/PASEP 2024 são aprovados; saiba o que fazer

  • Academia Sense Shot;
  • Afina Chá;
  • Always Fitness Gold;
  • American Fit;
  • Bio Slim;
  • Biofitslim;
  • Bionatti Emagry;
  • Bioslim;
  • Chá 37 Ervas – Denature;
  • Chá Barriga Dos Sonhos – Vida Fiber.
Vigilância Sanitária toma decisão sobre venda de remédios populares nas farmácias (Foto: iStock)
Vigilância Sanitária toma decisão sobre venda de remédios populares nas farmácias (Foto: iStock)

Veja agora as tendências de unhas para o inverno 2024 e escolha a sua cor de esmalte favorita

Utilizamos cookies como explicado em nossa Política de Privacidade, ao continuar em nosso site você aceita tais condições.