Vai Na Fé: Lumiar enfrentará um dos casos mais difíceis de sua vida com julgamento de Theo


Vai Na fé: Lumiar enfrentará caso do julgamento de Theo (Foto: Reprodução, Globo)
Vai Na fé: Lumiar e Theo (Foto: Reprodução, Globo)

As coisas não andam nada fáceis para Theo em Vai Na Fé, pois o vilão finalmente pode pagar por todos os crimes que cometeu

Na novela Vai na Fé, Theo (Emílio Dantas) finalmente poderá pagar por todos os crimes que cometeu após muitos anos. O vilão da trama terá que se explicar diante de um juiz tantas acusações de abuso e até estupro. Podendo ir parar atrás das grades pós ser indiciado.

Em cenas previstas para irem ao ar nos próximos capítulos da novela Vai na Fé. O empresário será acusado por várias testemunhas por conta do crime que cometeu, mesmo tentando apagar as vítimas que garantem fazer a denúncia na delegacia. Para piorar a situação, o homem chega ao cúmulo de ameaçar a própria filha Jenifer (Bella Campos), mostrando o crápula que é.

Lumiar e Theo em Vai Na Fé (Foto: Reprodução, Globo)
Lumiar e Theo em Vai Na Fé (Foto: Reprodução, Globo)

Mas graças a universitária, várias mulheres que se envolveram com o vilão no passado irão aparecer e farão a denúncia contra ele na delegacia. Lumiar (Carolina Dieckmann), por outro lado, ficará ao lado do crush e não conseguirá acreditar que Theo foi capaz de fazer isso com tantas mulheres. Já que agora ela está caidinha por ele, principalmente porque o ricaço fez um ato heroico.

Mesmo assim, as mulheres fazem a denúncia na delegacia e, após os depoimentos, o delegado decide indiciar Theo, para desespero do marido de Clara (Regiane Alves), que chega a fazer escândalo durante um surto. Mesmo assim, a advogada continuará ao lado dele e até dará conselhos para que o homem consiga enfrentar o julgamento de frente e não ser condenado.

Lumiar e Theo em Vai Na Fé (Foto: Reprodução, Globo)
Lumiar e Theo em Vai Na Fé (Foto: Reprodução, Globo)

O vilão vai ser preso?

Nem o medo, no entanto, fará com que ele mude, tanto que Theo voltará a provocar Sol (Sheron Menezzes) ao fazer uma grande doação financeira para a igreja, na tentativa de comprar o silêncio de todo mundo. Tudo isso, dias antes do julgamento que pode decidir se ele será preso.