Xuxa Meneghel admite culpa por falta de Paquitas negras em seus programas: “Sabemos que está errado”


Xuxa e Paquitas (Foto: Reprodução, Globo)
Xuxa e Paquitas (Foto: Reprodução, Globo)

Xuxa lamentou a falta de representatividade em seu programa, tendo a opção sempre por meninas loiras de olhos claro

A cantora e apresentadora Xuxa Meneghel, de 60 anos, foi destaque internacional de uma matéria publicada pelo jornal americano “The New York Times” nesta terça-feira (15). A apresentadora brasileira foi citada pela reportagem como “maior estrela da TV brasileira”. Na entrevista, a apresentadora admitiu que sua ex-empresária, Marlene Mattos, não foi a única culpada pela falta de Paquitas negras no seu programa Xou da Xuxa (1986-1992).

Xuxa garantiu que ela também estava ciente e não fez nada para que isso mudasse. “Mas eu endossei. Eu assinei embaixo”, completou. A reportagem também afirma que a série “Xuxa, o documentário“, reacendeu no Brasil o debate sobre diversidade, já que a “Rainha dos Baixinhos” era descendente de imigrantes italianos, poloneses e alemães, enquanto a maioria de seu público era negra e mestiça.

Xuxa Meneghel fez muito sucesso na Globo (Foto: Divulgação)
Xuxa Meneghel fez muito sucesso na Globo (Foto: Divulgação/ Globo)

A publicação também fez alusão à boneca Barbie devido às características físicas e padrão de beleza que a artista e suas paquitas tinham. Loiras, os olhos claros e pele branca, é um desses padrões estéticos que eram exigidos na época. O fato de todas as assistentes de palco da famosa serem loiras, também foi abordado no documentário da apresentadora na Globoplay.

“Eu não via isso [ser o padrão de beleza feminino em um país diverso] como errado naquela época. Hoje sabemos que está errado”, afirmou. Meneghel também disse que se arrepende de muitas coisas em seu programa. “Só aprendemos a acertar as coisas quando vemos que estamos no caminho errado. Então acho que tive que passar por tudo isso para chegar até aqui”, concluiu por fim.

Xou da Xuxa (Foto: reprodução/ Globo)
Xou da Xuxa (Foto: reprodução/ Globo)

Apresentadora e as Paquitas

Entretanto, usuários da internet encontraram um anúncio de 1998, no qual a própria Xuxa incentivava as assistentes a mudarem a cor de seus cabelos, o que desencadeou as acusações de controvérsia.

Além disso, no tal anúncio, produzido para promover uma marca de tinturas para cabelo, a apresentadora surge ao lado do grupo e afirma que irá mostrar como ela seleciona as Paquitas. Em seguida, ela explica que escolhe as mais autênticas e radiantes.