Galã desaparecido há uma década reaparece e não poupa críticas às novelas atuais


Galã criticou novelas atuais da Globo. (Foto: reprodução/Montagem/TV Foco)
Galã criticou novelas atuais da Globo. (Foto: reprodução/Montagem/TV Foco)

Galã desaparecido há uma década retorna e critica novelas atuais, apontando fraquezas no enredo e na produção

Nuno Leal Maia, um galã televisivo dos anos 1980, criticou as novelas contemporâneas, referindo-se a elas como “muito fracas”. Nascido em Santos (SP), em 1947, além de ator, ele teve experiência como jogador de futebol juvenil do Santos e como treinador de times paranaenses- o Londrina e o Matsubara.

+ Reviravolta inesperada: Musa deixa Globo por Faustão e agora enfrenta desemprego

Sua trajetória na TV começou em 1976, na novela “Estúpido Cupido”, na Globo. Destacou-se em diversas produções, como “A Gata Comeu” (1985), “Mandala” (1987), “Top Model” (1989), “Vamp” (1991) e “História de Amor” (1995). Posteriormente, teve presenças menores em novelas como “Malhação” e outras produções, mas afastou-se do gênero por quase 10 anos.

A Gata Comeu

Na obra de 1985- que era remake- Nuno deu vida ao professor Fábio Coutinho. Seu personagem era noivo de Paula (Fátima Freire) e pai do pequeno Cuca (Danton Mello). Um destaque da obra foi o romance de Fábio com Jô Penteado (Christiane Torloni).

Seu personagem lecionava em escola no bairro da Urca, Zona Sul do Rio, e era muito liberal com seus alunos, porém, com as mulheres que se envolvia, era o clássico “machão” e era rigoroso com o comportamento das mesmas.

Malhação

Nuno Leal Maia esteve na novela teen Malhação de 1999 a 2001 e de 2003 a 2006. Nas duas passagens, ele deu vida a Paulo Pasqualete, mais conhecido como Professor Pasqualete.

Seu personagem era diretor e professor de Língua Portuguesa do colégio Múltipla Escolha. Em sua primeira passagem, ele era pai de Isa (Giovanna Antonelli), a professora de Geografia da instituição.

Nuno Leal Maia na pele do Professor Pasqualete (Foto: Renato Maia/TV Globo)
Nuno Leal Maia na pele do Professor Pasqualete (Foto: Renato Maia/TV Globo)

 

Depois do ano de 1999, a atriz migrou para o horário nobre com a missão de dar vida à Capitú, na obra Laços de Família, de Manoel Carlos, porém Nuno continuou na trama e seu personagem é bastante lembrado.

Uma das temporadas mais lembradas contou com a presença do ator que é a Malhação 2004- que foi apelidada carinhosamente de “Malhação Vagabanda”. Foi nela, inclusive, que o personagem de Nuno viveu um momento de muito destaque ao descobrir que Felipe (Jean Fercondini) era seu filho.

Em 2013, Nuno participou de um episódio da temporada Intensa como a Vida. Neste, interpretou o personagem Augusto Massafera.

O Profeta

Na novela das seis, interpretou Alceu, dono de lanchonete casado com Miriam (Juliana Baroni) e pai de Wanda (Samara Felippo). Miriam- que era praticamente da idade de Wanda- vivia em situação conturbada com a filha do marido, pelo fato da última sempre tentar mostrar ao seu pai que sua esposa era infiel.

A madrasta de Wanda, que mantinha seu passado oculto, de fato traía o marido com Ernesto (Mário Gomes) que era casado com Rúbia (Rosi Campos) e tinha três filhos: Gisele (Fernanda Rodrigues), Isaías (Gabriel Canella) e Benjamim (Renan Ribeiro).

Alceu acreditava que o motivo de sua filha tanto tentar lhe provar que sua esposa era infiel era o fato de sentir ciúme da mesma.

Duas Caras

Na obra de Aguinaldo Silva, deu vida a Bernardo da Conceição- morador da Favela da Portelinha que dividia a casa com seus três filhos e esposa. Estes eram Benoliel (Armando Babaioff), João Batista (Julio Rocha), Bernardinho (Thiago Mendonça) e Amara (Mara Manzan).

Bernardinho havia sido expulso de casa pelos irmãos, porém estes os trouxeram de volta ao lar, visto que o rapaz- que trabalhava como cozinheiro- estava com dinheiro para sustentar a casa. João Batista era um rapaz boa vida que não tinha interesse em trabalho e, ao longo da trama, passou a ter um caso com a vilã Silvia- personagem de Alinne Moraes que veio a conquistar o público.

+ Reviravolta chocante: Atriz que criticava novelas, “queima a língua” e retorna triunfante às telas

Benoliel sempre tentou se relacionar com os ex-affairs de João Batista e, ao longo da trama, ele passa a ter um romance com a personagem Fernanda (Júlia Almeida).

Em 2019, revelou dificuldades com a diminuição de suas cenas em uma novela, o que o levou a questionar a liberdade e autonomia dos atores. Nos últimos anos, dedicou-se ao cuidado de sua mãe, que sofria de Mal de Alzheimer.

Vida atual

Atualmente, aos 75 anos, vive em Santos com sua esposa, a atriz Monica Camillo, 30 anos mais jovem. Viajaram para vários países e sua esposa compartilha essas experiências nas redes sociais.

Nuno Leal Maia atualmente. (Foto: reprodução/Instagram)
Nuno Leal Maia atualmente (Foto: Reprodução/Instagram)

Nuno Leal Maia e sua esposa, a atriz Monica Camillo, em comemoração do aniversário do ator no ano passado. Foto: Reprodução Instagram.

Apesar do afastamento das novelas, participou de séries como “Chuteira Preta”, “Juacas” e “Bugados” no canal infantil Gloob. Em relação a novos projetos, afirmou que prioriza cuidar de sua saúde e considerará com carinho propostas interessantes que surgirem.

 

Hudson William

Escrevo sobre notícias da TV e das celebridades há muitos anos com passagens, inclusive, por outros portais como TV Foco. Meu objetivo é informar com precisão e clareza.