Gloria Pires quase foi destruída por fake news do passado que relatou caso pavoroso: “Vítimas da mentira”


Gloria Pires (Foto: Reprodução/Instagram)
Gloria Pires (Foto: Reprodução/Instagram)

Atriz Gloria Pires foi arrebatada por uma história tão dolorosa que quase destruiu sua família

Chegar ao estrelado sendo o centro das atenções tem um lado que é horrível, prova disso foi o que Gloria Pires viveu quando inventaram uma história no final dos anos noventa sobre sua família. A atriz acabou de gravar na Globo a novela Anjo Mau [1998] e resolveu viajar com o marido Orlando Morais e as filhas.

Na volta ao Brasil uma bomba foi criada, atirada e se espalhou entre a mídia e o público. Simplesmente inventaram que Orlando e Cleo Pires, que na época tinha 16 anos, tinham um caso amoroso. Usavam as fotos dos três juntos para explicar esta teoria sórdida.

+ Astro da Globo viveu relação de amor com outro homem mas só assumiu após a morte do seu companheiro

A fake news ainda foi além ao se espalhando afirmando que Gloria Pires ao descobrir o caso teria tentado tirar a própria vida e, por isso, foi internada no Albert Einstein. Famoso hospital de São Paulo. O caso foi tão grave que Orlando, Gloria e Cleo não saiam da boca do povo fofoqueiro e chegaram a ser capa da revista Veja.

Para interromper essa maldade, Gloria Pires e Orlando foram ao programa Domingão, na ocasião, apresentado por Faustão para desmentir essa história. “Tirou o nosso sono essa história rondando nossa vida”, afirmou Gloria na época.

Após se passar duas décadas do caso, Cleo conversou com a revista Veja e relembrou: “Foi muito difícil. Não conseguimos entender não só pela barbaridade, mas também pela disposição das pessoas em acreditar e odiar as vítimas da mentira“, disse.

+ Ex musa da Globo quebrou o silêncio e expôs mágoa em não ser mais chamada para atuar: “Velhinha carcomida”

Gloria, Orlando e Cleo Pires (Foto: Reprodução)

A atriz ainda foi além e confirmou que chegou a enfrentar todas as pessoas que a xingavam na rua:

“Resolvi à minha maneira. As pessoas que me xingavam na rua apanhavam. Dei porrada. Em outro campo, entramos com uma ação contra quem publicou. Ganhamos o processo”, pontuou.