Após ficar fora do ar, atriz não escapa de onda de cortes e é demitida da Globo


Taís Araujo, Leandra Leal e Isabelle Drummond foram as grandes protagonistas de "Cheias de Charme" (Foto: Reprodução/TV Globo)
Taís Araujo, Leandra Leal e Isabelle Drummond foram as grandes protagonistas de "Cheias de Charme" (Foto: Reprodução/TV Globo)

A atriz enfrenta um desfecho amargo depois de ficar fora das telas e ser dispensada da Globo

A trajetória na televisão de Isabelle Drummond, uma das últimas artistas com contrato de exclusividade com a Globo, chegou ao seu desfecho. Desde seu protagonismo em “Verão 90” em 2019, ela se afastou das telinhas e agora faz parte da lista de ex-funcionários da emissora.

+ Reviravolta chocante: Atriz que criticava novelas, “queima a língua” e retorna triunfante às telas

Segundo o portal Notícias da TV, já havia grandes chances de Isabelle se desligar da Globo ainda este ano. A atriz demonstra um desejo de focar em estudos de atuação e ampliar sua presença no cinema, alinhando-se a objetivos que divergem do formato das novelas. As produções televisivas exigem longos períodos de gravação, algo incompatível com os planos de Drummond para os próximos tempos.

Este movimento de saída parece coincidir com a adoção, pela Globo, de um novo modelo de contrato baseado em obra específica, onde a não renovação beneficia ambas as partes envolvidas. Apesar de seu afastamento das telas após “Verão 90”, Isabelle não ficou inativa nos últimos anos.

+ Distribuía chifres! Musa dos anos 80 faz confissão bombástica sobre infidelidade: “Não fui fiel”

No ano passado, a atriz fez parte do elenco do filme “Minha Família Perfeita”, e em 2021, esteve no live-action “Turma da Mônica – Lições”, interpretando a jovem Tina, um dos personagens do universo de Mauricio de Sousa.

Carreira

O percurso de Isabelle Drummond na televisão teve início aos seis anos de idade, quando apareceu como figurante em um capítulo de “Laços de Família” (2000). Seu primeiro papel recorrente veio no ano seguinte, na minissérie “Os Maias”. No entanto, foi na adaptação do “Sítio do Picapau Amarelo” que ela se tornou conhecida nacionalmente, interpretando a boneca de pano Emília.

Dirce Migliaccio e Isabelle Drummond (Foto: reprodução/ Globo)
Dirce Migliaccio e Isabelle Drummond (Foto: reprodução/ Globo)

Ao longo de sua carreira, passou por produções como “Eterna Magia” (2007), “Caras e Bocas” (2009), “Cordel Encantado” (2011) e protagonizou não apenas “Verão 90”, mas também novelas como “Cheias de Charme” (2012), “Sangue Bom” (2013) e “Novo Mundo” (2017).

O futuro de Isabelle Drummond parece seguir um caminho diferente dos estúdios televisivos, com um foco mais intenso em sua formação artística e na expansão de sua presença no cinema. Este movimento representa uma transição significativa na carreira da atriz, marcada por uma diversidade de papéis memoráveis que cativaram o público ao longo dos anos.

Vida atual

A atriz Isabelle Drummond, aos 29 anos, manteve um perfil discreto desde sua saída da Globo, após uma longa trajetória de 22 anos na emissora. O contrato da artista não foi renovado em maio deste ano, porém, seu afastamento das novelas remonta a 2019, quando sua última participação foi em “Verão 90”. Sua última aparição televisiva em novelas ocorreu em 2020, durante a reprise de “Novo Mundo”.

A atriz compartilhou com seus seguidores no Instagram uma road trip, evidenciando uma viagem pela estrada. Sua publicação recebeu inúmeros elogios dos fãs e seguidores.

Foi flagrada, também, por paparazzi ao sair de uma academia em Ipanema, Rio de Janeiro. Vestindo uma calça legging, tênis e uma jaqueta preta estilo puffer, ela complementou o visual com óculos escuros enquanto falava ao celular ao caminhar pela rua.

Em seu perfil do Instagram, seguido por mais de 2 milhões de pessoas, Drummond costuma compartilhar seu cotidiano, especialmente através dos Stories. No mesmo dia, mostrou ter passado por São Paulo, compartilhando momentos no salão de beleza sustentável Laces e uma foto ao lado de um aquecedor elétrico.

A trajetória de Isabelle na Globo incluiu participações em grandes novelas desde a infância, marcando presença em clássicos como “A Favorita”, “Caras & Bocas”, “Cordel Encantado” e “Cheias de Charme”, ao lado de Taís Araújo e Leandra Leal. Seu primeiro papel de destaque na emissora foi como Emília no “Sítio do Picapau Amarelo”, série infantil veiculada de 2001 a 2006.

Isabelle Drummond, Leandra Leal e Taís Araújo são as Empreguetes em Cheias de Charme. (Foto: reprodução/Globo)
Isabelle Drummond, Leandra Leal e Taís Araújo são as Empreguetes em Cheias de Charme. (Foto: reprodução/Globo)

Além de sua discrição sobre a vida pessoal, a atriz ainda não anunciou novos projetos desde o término do contrato fixo com a emissora. Há a possibilidade de seu retorno ao canal para trabalhos pontuais. Paralelamente, ela lidera a Casa 197, uma ONG independente que apoia diversas causas em prol de pessoas de baixa renda em situação de vulnerabilidade social.

Caras e Bocas

A expressão “É a treva!” se tornou bordão para os fãs da novela de Walcyr Carrasco. Bianca, filha dos protagonistas Dafne (interpretada por Flávia Alessandra) e Gabriel (vivido por Malvino Salvador), era uma personagem jovem e extremamente espirituosa. Sua presença na trama conquistou o público não apenas pela sua personalidade cativante, mas também pela relação afetuosa que mantinha com o avô, Jacques (interpretado por Ary Fontoura), e a amizade que se transformou em um relacionamento amoroso com Felipe (papel de Miguel Rômulo) ao longo da história.

O carisma de Bianca fez com que seu bordão se tornasse um marco na novela, sendo repetido e lembrado pelos espectadores. Sua energia e seu jeito único de encarar as situações conquistaram uma legião de fãs que se identificaram com sua espontaneidade e vivacidade.

Além disso, o público se encantou com os laços familiares representados pela relação de Bianca com seu avô Jacques, uma conexão marcada por carinho e cumplicidade. Sua amizade transformada em romance com Felipe também foi um dos pontos altos da trama, cativando o público com a evolução desse relacionamento ao longo da narrativa.

A forma como Bianca interagia com os demais personagens e como lidava com os desafios da trama contribuíram significativamente para sua popularidade. Sua presença, tanto nos momentos de humor quanto nos mais emotivos, deixou uma marca forte na história da novela, tornando-a uma das personagens mais queridas e memoráveis para os espectadores.

Hudson William

Escrevo sobre notícias da TV e das celebridades há muitos anos com passagens, inclusive, por outros portais como TV Foco. Meu objetivo é informar com precisão e clareza.