Famoso tinha vergonha de programa e inventou doença para fugir de Marcos Mion


Marcos Mion. (Foto: reprodução, Globo)
Marcos Mion. (Foto: reprodução, Globo)

João Gordo tinha vergonha de programa de Marcos Mion

João Gordo, integrante da banda Ratos de Porão e conhecido por sua postura politicamente incorreta e estilo hardcore, surpreendeu ao encontrar espaço na Record, uma emissora vinculada à Igreja Universal. Sua trajetória na Record se estendeu por quase cinco anos, marcando presença no programa Legendários, apresentado por Marcos Mion.

O convite para integrar o Legendários partiu do próprio Mion, que queria contar com João Gordo à frente de um quadro voltado para política e temas sociais. Embora o artista tenha aceitado o convite atraído pelo alto salário, ele confessou sentir vergonha da atração. João Gordo revelou que não apreciava os convidados do programa e era obrigado por Mion a cantar com eles, o que gerava desconforto.

“O pessoal gostava de mim, sempre fui simpático, só que era meio ruim, eu tinha vergonha do programa. Precisava ir um fim de semana sim, outro não, para participar de umas lives. Até inventei que eu estava doente e não podia ir… Me dava vergonha”, revelou o famoso em entrevista ao podcast Inteligência Ltda.

João Gordo no Legendários. (Foto: reprodução, internet)
João Gordo no Legendários. (Foto: reprodução, internet)

Experiência na Record

Apesar disso, o apresentador destacou que nunca enfrentou problemas na Record e sempre foi bem tratado na emissora. Após sua participação no Legendários, João Gordo permaneceu na Record como jurado do Ídolos Kids.

Marcos Mion no Legendários. (Foto: reprodução, Record)
Marcos Mion no Legendários. (Foto: reprodução, Record)

Ao longo de quatro anos, mesmo sentindo vergonha da exposição na televisão, João Gordo enfatizou que teve uma experiência tranquila dentro da casa. Ele mencionou que, apesar de algumas situações desconfortáveis, como a obrigação de participar de lives, não enfrentou interferências negativas por parte da emissora.