Mudança de rumo faz Terra e Paixão ter final idêntico a outra novela do mesmo autor


Antônio e Caio em Terra e Paixão. (Foto: reprodução, Globo)
Antônio e Caio em Terra e Paixão. (Foto: reprodução, Globo)

Terra e Paixão pode ter final idêntico ao de Amor à Vida

Em Terra e Paixão, a relação conturbada entre Antônio (Tony Ramos) e seu filho Caio (Cauã Reymond) atinge um ponto crítico, com ambos em lados opostos de uma guerra intensificada pela presença de Aline (Barbara Reis). No entanto, indícios apontam para uma possível reconciliação entre pai e filho na reta final da trama, ecoando um desfecho semelhante ao visto em Amor à Vida (2013), novela do mesmo autor, Walcyr Carrasco.

Antônio encontra-se sob a influência maligna de Agatha (Eliane Giardini), sofrendo envenenamento gradual que o debilita significativamente. A vilã, maquiavélica, manipula a situação, restringindo o acesso da família ao fazendeiro doente. Petra (Debora Ozório) desconfia da condição de Antônio e busca a ajuda de um médico, mas Agatha age astutamente para limitar o conhecimento sobre o estado de saúde do marido.

O enredo toma um rumo ainda mais complexo quando Agatha é misteriosamente assassinada, deixando Antônio à beira da morte, completamente arrasado. A trama se assemelha a um episódio marcante de Amor à Vida, onde o pai, César Khoury (Antonio Fagundes), também enfrentava um envenenamento por vingança, resultando em sua deterioração física.

Na versão anterior, a reconciliação entre César e seu filho Félix (Mateus Solano) aconteceu após a vilã Aline (Vanessa Giácomo) se dar mal, mas César ficar debilitado. Félix, antes renegado pelo pai devido à sua orientação sexual, cuida do progenitor enfermo, e a paz entre pai e filho é selada em uma cena memorável.

Cena de Amor à Vida. (Foto: reprodução, Globo)
Cena de Amor à Vida. (Foto: reprodução, Globo)

Reconciliação entre pai e filho?

Em Terra e Paixão, a previsão inicial de uma reconciliação entre Antônio e Caio estava ancorada na descoberta de que Agatha tinha um filho anterior, Jonatas (Paulo Lessa), e sabia que poderia morrer se tivesse outro herdeiro. Esse segredo sensibilizaria Antônio, levando-o a pedir perdão a Caio. Entretanto, essa trama foi alterada, transformando Agatha em vilã e redirecionando o conflito para a disputa por Aline.

Cena de Terra e Paixão. (Foto: reprodução, Globo)
Cena de Terra e Paixão. (Foto: reprodução, Globo)

Ainda assim, a possibilidade de uma reconciliação entre Antônio e Caio permanece aberta, especialmente após a morte de Agatha. Antônio pode se recuperar, mas eventuais sequelas do envenenamento podem abrir espaço para Caio assumir o papel de cuidador do pai, ecoando o desfecho de Amor à Vida e selando a paz entre eles. O autor Walcyr Carrasco, conhecido por reviravoltas e emoções intensas, deixa o desenrolar da trama repleto de expectativas para o desfecho dessa relação complexa entre pai e filho.